Segunda, 05 de dezembro de 2016
Itabaiana-SE, Mín: 23ºC | Máx: 32ºC

Jovens envolvidos com tráfico de drogas e homicídios morrem em troca de tiros e cinco pessoas são presas

Periferia de Itabaiana | 27.02.2013 às 07:59h

Em operação realizada durante a madrugada desta quarta-feira, dia 27, por policiais do Setor de Entorpecentes da Delegacia Regional de Itabaiana (SE) culminou com as prisões de cinco pessoas e na morte de outros dois jovens.

 

perobo_morto_p_01  diabo_loiro_p

 

A ação policial ocorreu no bairro Bananeira, periferia de Itabaiana, e na troca de tiros morreram Jeferson de Souza Melo, conhecido como "Perobo", 17 anos, e Cleverton Dias de Souza, conhecido como Kevinho ou Diabo Loiro, 19 anos, ambos naturais de Itabaiana. O grupo tem envolvimento com o tráfico de drogas e homicídio e no momento da abordagem se encontrava em uma residência à Rua José Nunes Mendonça, n.º 310, de propriedade da avó de Jeferson de Souza Melo.

 

Perobo também era suspeito de envolvimento no crime de homicídio contra Alisson Júnior Alves Cordeiro, conhecido como "Júnior Macaco", 25 anos, morto a tiros no dia 7 de junho de 2012 no conjunto Maria do Espírito Santos, inclusive ele foi apreendido no bairro Bananeira pelas policias Civil e Militar uma semana após o assassinato.


Os suspeitos fazem parte de uma quadrilha que agia na região do Bairro São Cristóvão, onde estão localizados os conjuntos José Luiz da Conceição, Miguel Pedro de Mendonça, Maria do Carmo Nascimento Alves, Maria do Espírito Santos e Francisco Teles de Mendonça, inclusive há suspeita que a quadrilha esteja envolvida na morte de Fernando Silva Santos, conhecido como Roquinho, 21 anos, assassinado a tiros na noite do último dia 18 de fevereiro, na Rua B do conjunto Maria do Espírito Santo.


As vítimas tinham diversas passagens e no local onde ocorreram as mortes populares encontraram várias cápsulas de pistola calibre 380.


AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais" é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.

 

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2016 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva