Sábado, 03 de dezembro de 2016
Itabaiana-SE, Mín: 22ºC | Máx: 29ºC

Polícia Civil detalha conclusão do inquérito sobre a morte de radialista itabaianense

AUTORIA DO CRIME | 05.02.2013 às 15:08h

A Polícia Civil de Sergipe divulgou nesta terça-feira, dia 5, detalhes sobre a conclusão de inquérito a respeito do crime praticado contra o radialista Edmilson de Jesus, 40 anos, assassinado a tiros no dia 28 de outubro do ano passado.


Após o crime foi iniciada a investigação, onde foram ouvidas testemunhas e iniciado os levantamentos através da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) e no dia 6 de novembro de 2012 a polícia prendeu José Jean do Carmo Mota, 21 anos, apontado como principal suspeito pela autoria do assassinato. A prisão ocorreu em Areia Branca, agreste sergipano, quando José Jean deixava uma casa lotérica.

Segundo consta no inquérito policial, no dia do fato a vítima entrou em contato com José Jean por volta das 18h30, no entanto, ele não atendeu a ligação e retornou posteriormente. Após marcar o encontro, José Jean foi até a rádio, onde aconteceu o crime.

Para a polícia o crime teve motivação fútil, onde a vítima marcou um encontro com o autor e após uma discussão por conta do descumprimento de pagamento por parte do radialista o acusado o assassinou.

Apesar de não ter encontrado o ciclomotor da vítima, que poderia está na emissora no dia do homicídio, a polícia descobriu que o aparelho celular do radialista, que desapareceu na noite do crime, foi usado pelo suspeito, inclusive com chips diferentes, e quebrado dois dias depois.


(Foto: Arquivo/Gilson de Oliveira)

 

A vítima foi encontrada morta dentro do Estúdio da FM Princesa com perfurações provocadas por revólver calibre 38.

 

 

O detalhamento do inquérito foi passado pela delegada Viviane Jardim, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa da Delegacia Regional de Polícia Civil.



(Foto: Reprodução/Facebook)

 

José Jean já se encontra no Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho, no Bairro Santa Maria, na capital sergipano, onde aguardará o julgamento.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proibida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2016 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva