Ótica Perfil

Estelionatário paraense é preso no centro de Itabaiana após aplicar o golpe do bilhete premiado

DENÚNCIA | 24.01.2013 às 13:57h

O paraense do município de Senador J Porfírio, Edmar Paranhos de Souza, 26 anos, foi preso no centro de Itabaiana no final da manhã desta quinta-feira, dia 24, após ser flagrado aplicando o golpe do bilhete premiado. Ele abordou uma senhora, moradora da cidade de Ribeirópolis, com a promessa de recompensá-la com a quantia de R$ 10 mil, em dinheiro, caso a mesma o ajudasse a retirar um prêmio de loteria na Caixa, pois não conhecia a cidade.

O fato foi observado por um popular, que de imediato acionou a Polícia Militar, via 190, e momentos após a denúncia uma equipe do Moto Patrulha, composta pelos soldados Rezende, Costa e Ismael, conseguiu interceptou o suspeito na Avenida Ivo Carvalho, cruzamento com a Rua Barão do Rio Branco, quando o mesmo se dirigiu a agência bancária com a idosa no carro.

O golpista atuava na região na companhia de um comparsa, porém, com a chegada dos policiais o segundo suspeito fugiu levando dois cartões de crédito da vítima.

Edmar Paranhos conduzia um veículo Fiat, modelo Uno Way, com placas NOA 6308/RN, licenciado em Parnamirim.

No carro foram encontrados diversos bilhetes de loteria, vários blocos de notas promissórias, envelopes de depósitos em cash eletrônico, cédulas antigas de 1 Cruzeiro, cédulas atuais de R$ 50, que eram enrolados em um pedaço de tábua para causar a impressão de volume, além de um net book com imagens de diversas localidades do Nordeste. 

Com apoio da guarnição, composta pelo SGT Washington e o cabo Leite, o estelionatário foi conduzido para o 3.º Batalhão de Polícia Militar (3.º BPM) e em seguida encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil.

  
 

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proibida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva