Ótica Perfil

PRF: Suspeitos pela morte de Sargento da PM são detidos na BR-101 com motocicleta roubada

INVESTIGAÇÃO | 30.12.2012 às 15:59h
Suspeitos pela prática de crime de homicídio contra um sargento da Polícia Militar de Sergipe estão presos na Delegacia Regional de Estância (SE) os indivíduos Alan Alves da Silva e José Ferreira dos Anjos.

Eles foram detidos por policiais do Núcleo de Operações Especiais (NOE) da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no KM 132 da BR-101, em Estância, no momento em que empurravam uma motocicleta da marca Honda.

Durante a abordagem os agentes federais encontraram um revólver calibre 38 e mais nove munições intactas. Os policiais também descobriram, após consulta, que o veículo de duas rodas possuía restrições de roubo e/ou furto.

Diante dos fatos a dupla foi conduzida à Delegacia Regional de Estância onde fora constatado que a arma encontrada com os suspeitos pertencia a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe, a mesma que havia sido roubada do Sargento Sales na noite do último dia 20 no município de Areia Branca, no agreste sergipano.

O policial foi morto às margens da BR-235 na entrada para o povoado Chico Gomes, quando aguardava a chegada da esposa, vinda de Aracaju, para seguirem para o sítio da família. O crime foi praticado na presença da filha de nove anos do sargento.   

De acordo com informações levantadas na delegacia, os suspeitos são fugitivos da Delegacia de Polícia da cidade de Carmópolis (SE). Eles escaparam da unidade policial, na companhia de mais quatro presos,  na madrugada do dia 16.

Alan Alves da Silva é natural de Laranjeiras e José Ferreira dos Anjos do município de Sirir. A polícia investiga outros possíveis crimes cometidos pela dupla na região sul do Estado.

  
(Fotos reproduzidas do POrtal Diário Sergipano)

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais" é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva