NOSSA SENHORA DA GLÓRIA: Detentos se rebelam pela segunda vez este ano e visitantes são feitos reféns

REBELADOS | 17.12.2012 às 10:32h
Desde o final da manhã de domingo, dia 16, agentes penitenciários e familiares, entre mulheres, crianças e idosos estão sendo mantidos como reféns por internos do Presídio Regional Senador Leite Neto (Preslen), em Nossa Senhora da Glória (SE). O fato ocorreu durante a visitação aos detentos da penitenciária.

Os presos se rebelaram quando uma tentativa de fuga foi abortada e eles conseguiram desarmar alguns agentes penitenciários. Houve troca de tiros e quatro pessoas ficaram feridas.

Entre os alvejados estão os agentes penitenciários Tércio Oliveira, alvejado na coxa, e José Fernandes Almeida, atingido no braço direito, além de dois policiais militares lotados na 3ª Companhia do 4º Batalhão da Polícia Militar. Ele foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados para o Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória. Os PMs foram medicados e em seguida liberados, enquanto os agentes foram transferidos para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE).

As negociações para libertar os reféns foram interrompidas às 18 horas e retomadas nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, dia 17.

O Secretário de Segurança Pública, o comandante da Polícia Militar de Sergipe, o representante da Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Secretario de Estado da Justiça estão no local tentando negociar com os rebelados.

Esta é a segunda vez somente este ano que os detentos do Preslen se rebelam. O último caso aconteceu em outubro passado e durou mais de 24 horas.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais" é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva