Ótica Perfil

EXECUÇÃO: Na rodovia João Paulo II, jovem é morto a tiros

ASSASSINATO | 06.12.2012 às 22:07h

 

Duas pessoas, um homem e uma mulher, trafegavam em um veículo GM, modelo Celta, de cor Preta, com placas LOG 9937/SE, licenciado em Campo do Brito, quando o condutor reduziu a velocidade passar por um “Quebra-Molas” e foi surpreendido por disparos de arma de fogo efetuados por homens ainda não identificados pela polícia. No local do crime ninguém soube informar se os criminosos estavam em carro ou motocicleta.

De acordo com os primeiros levantamentos dos policiais da 1.ª Cia do 3.º Batalhão da Polícia Militar (1.ª Cia/3.º BPM), no carro foram encontradas 17 perfurações de pistola ponto 40 e calibre 380.


(Foto: Arquivo/Gilson de Oliveira)

O motorista do veículo, identificado como Carlos Henriclay Santos, conhecido como Scooby Doo, 24 anos, foi alvejado com 15 tiros, a maioria na cabeça, e morreu na hora, enquanto a mulher, Josefa Patrícia Oliveira de Jesus, 33 anos, moradora de Campo do Brito, também foi atingida com dois tiros.

Após ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), ela foi conduzida para o Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho, em Itabaiana (SE), em seguida transferida para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), onde permanece internada. 

“Scooby Doo” era natural de Itabaiana, morava à Rua Coronel José Ribeiro, centro da cidade serrana, e tinha passagens pela polícia, inclusive ele foi preso em outubro de 2011, juntamente com um amigo no povoado Rodeador, município de Campo do Brito (SE), de posse de uma pistola calibre 380 com 11 munições especiais e intactas, além de um revólver TA calibre 38 com seis munições também intactas.

A execução de Carlos Henriclay Santos aconteceu por volta das 20 horas desta quinta-feira, dia 06, nas proximidades do Posto de Combustível do ex-prefeito Manuel de Souza.

PS.: A materia foi alterada para acréscimo de informações.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais" é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
 
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva