Ótica Perfil

Acusado de matar peão de rodeios usava a identidade de um primo sergipano

| 14.11.2007 às 05:16h

Rinaldo Aragão, 46 anos, preso no Estado de Goiás acusado de ter assassinado o peão de rodeios, Virgilio Gonçalves, 35 anos, a polícia já descobriu que na verdade ele se chama Aparecido Alves dos Santos, conhecido por Dinho. O assassino estava usando há cerca de 15 anos a identidade do pedreiro Rinaldo Aragão, um primo sergipano, que reside no município de Graccho Cardoso.
Segundo informações do pedreiro, em visita ao Estado de Sergipe seu primo ficou alguns dias em sua casa e aproveitou para roubar sua identidade, retornando em seguida para Goiânia, onde mora com o pai e que após alguns anos passou a se chamar Rinaldo Aragão, e que, mesmo tendo conhecimento da farsa não tomou nenhuma providência.
O pedreiro Rinaldo Aragão confessou também que só ficou sabendo do crime por intermédio de uma prima que também mora em Goiás, que ligou para sua mãe Maria Alves Aragão, que também reside na cidade de Graccho Cardoso.
Aparecido Alves dos Santos matou a tiros o tricampeão do Rodeio Internacional de Barretos na categoria montaria em cavalos durante um torneio na cidade de Novo Horizonte, no interior de São Paulo. Ao ser preso, o acusado confessou que matou o campeão por inveja. Virgílio Gonçalves foi baleado por volta das 23h de quinta-feira, dia 11, e morreu às 15h15 do domingo, dia 14, no Hospital São Domingos, em Catanduva, no interior de São Paulo.
O caso da morte do peão de rodeios Virgilio Gonçalves está sendo apurado pelo delegado Luiz Fernando Ribeiro, da cidade de Novo Horizonte.
Nas primeiras investigações levantadas, a polícia já descobriu que Aparecido Alves dos Santos já havia praticado outros crimes antes de matar o tri-campeão de rodeios.
Além dos crimes já levantandos pela polícia, Aparecido Alves dos Santos também responderá por falsidade ideológica.
O Fantástico da Rede Globo apresentou uma matéria sobre o caso no último domingo, dia 11.
(Foto: Wildes Barbosa/Futura Press)

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva