LUTO: Morre ex-delegado e perito criminal

SAÚDE | 19.07.2012 às 23:06h

Em decorrência de falência múltipla dos órgãos, morreu na madrugada desta quinta-feira, dia 19, o perito e ex-delegado Conrado Almeida.

Ele sofria de Diabetes e estava internado no Hospital São Lucas, em Aracaju (SE), há 46 dias, depois de sofrer duas intervenções cirúrgicas para substituição de válvulas cardíacas.

Conrado Almeida Alves foi delegado de polícia civil na década de 1970 e ocupou o cargo até o ano de 1986. Dirigiu por duas vezes o Instituto de Identificação e ainda foi diretor da Coordenadoria Geral de Perícias e do Instituto de Criminalística.

O corpo de Conrado Almeida será enterrado às 10 horas da manhã desta sexta-feira, dia 20, no Cemitério Santa Isabel, na capital sergipana.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.


 

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva