Ótica Perfil

SEGURANÇA: Suspeito pela morte e esquartejamento de jovem é transferido para Aracaju

TRANSFERÊNCIA | 29.06.2012 às 10:10h

Por medida de segurança o preso Cosme Ramos de Andrade, 28 anos, foi transferido de uma das celas da Delegacia Regional de Itabaiana para a sede do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), em Aracaju (SE), onde irá passar por avaliação psicológica para depois ser encaminhado para o sistema prisional do Estado para aguardar julgamento pelo assassinato do jovem Dones de Jesus Santos, conhecido como Jhony, 24 anos.

Cosme Ramos, juntamente com a companheira, foram detidos por agentes civis na madrugada do último dia 22 em uma residência na Vila de Zé de Melinha, em cumprimento a mandado de prisão sob acusação de tráfico de drogas.

A ação policial foi comandada pelo delegado André Davi e ainda na casa, ele foi questionado pelos policiais a respeito do usuário de drogas Dones de Jesus, uma vez que o jovem encontrava-se desaparecido.

De acusado por tráfico de drogas, Cosme Ramos de Andrade passou a suspeito de crime de homicídio, haja visto que ele confessou ao delegado ter cometido o assassinato na noite do sábado, dia 16, dentro de sua própria residência.


(Foto cedida pela família)

Dones de Jesus Santos foi morto com tiro de revólver calibre 38 na testa, teve o corpo esquartejado, depois colocado dentro de um saco de nylon e salgado.

Segundo declarações do suspeito, ele utilizou 9Kg de cloreto de sódio para salgar o corpo da vítima e somente na madrugada do domingo, dia 17, foi desovado em uma estrada de acesso ao Açude de Marcela.  
   
Natural de Itabaianinha (SE), Cosme Ramos já havia praticado outro crime de homicídio e existia seis meses que estava em liberdade condicional, mesmo período que passou a morar na cidade de Itabaiana.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva