Ótica Perfil

LATROCÍNIO: Polícia prende mais um envolvido na morte de irmão de ex-deputado federal

ATRÁS DAS GRADES | 28.06.2012 às 19:07h


(Foto: Polícia Civil)

Diego Santos Oliveira, 24 anos, segundo suspeito de envolvimento no latronício, roubo seguido de morte, que vitimou Carlos Antônio da Cunha, conhecido como “Carlinhos", 51 anos, irmão do ex-deputado federal Wilson Cunha, foi preso na quarta-feira, dia 27, por policiais civis da Delegacia Regional de Itabaiana (SE).

A ação policial foi comandada pelo delegado Hilton Duarte e o suspeito foi preso em uma vila, localizada à Rua Coronel Sebrão, e segundo consta no inquérito ele foi o mentor do crime ocorrido no dia 20 de março deste ano na estrada de acesso ao povoado Canário, município de Itabaiana.

De acordo com informações levantadas pela polícia, Diego estava passando por dificuldades financeiras após o fim do relacionamento amoroso com a vítima quando decidiu matá-la para ficar com o dinheiro que ela possuia em casa, cerca de 7 mil reais.

Para executar o plano, ele convidou Wagner Lima Carvalho, conhecido como “Múmia ou Oião, 27 anos, e por idéia dele, a vitima executada a tiros depois de ser atraída para um falso programa sexual em um dos motéis da cidade. Após matarem o homem, a dupla voltou para a casa da vítima para subtrair o dinheiro e outros objetos de valor.

Wagner Lima Carvalho foi preso no último dia 12 em uma oficina na cidade de Areia de Branca, entretanto, ele estava escondido em Nossa Senhora do Socorro desde a época do crime e já se preparava para fugir com destino a Santos, no interior de São Paulo.

Somente a apartir da prisão de Wagner Lima é que o delegado conseguiu juntar as provas que incriminam Diego Santos Oliveira.

Segundo o delegado Hilton Duarte, além de Diego e Wagner, a ação criminosa contou com a participação de um terceiro individuo. O mesmo já foi identificado e está sendo procurado pela Polícia Civil de Itabaiana.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva