PRISÃO: Morte do irmão de ex-deputado federal itabaianense é elucidado pela polícia

CRIME DESVENDADO | 12.06.2012 às 11:17h
O serviço de inteligência da Polícia Civil de Sergipe, juntamente com policiais do Setor de Roubos da Delegacia Regional de Itabaiana, sob a coordenação dos delegados Hilton Duarte e André Davi, efetuaram na manhã desta terça-feira, dia 12, a prisão de Wagner Lima Carvalho, conhecido como "Múmia ou Oião", 27 anos.

Ele foi localizado em uma oficina na cidade de Areia Branca (SE), onde aguardava o conserto da mesma, quando foi surpreendido com a chegada dos agentes civis.

Vagner Lima é suspeito pela autoria do crime que vítimou o senhor Carlos Antônio da Cunha, conhecido como Carlinhos, 51 anos, irmão do ex-deputado federal Wilson Cunha (Gia).

O corpo da vítima foi encontrado por populares na manhã do dia 21 de março na estrada de acesso ao povoado Canário, município de Itabaiana, com uma perfuração na cabeça, provocada por arma de fogo.

Carlinhos foi vítima latrocínio, roubo seguido de morte, e o suspeito esteve em sua casa na noite do crime com o objetivo de roubar o dinheiro do salário que a vítima havia retirado do banco no dia anterior a sua morte.

Natural de Itabaiana, Wagner Lima estava morando no município de Nossa Senhora do Socorro (SE) desde a época do crime, segundo informações levantadas pela polícia. Inclusive, já estava com tudo preparado para fugir para a cidade de Santos, no interior de São Paulo.

Wagner Lima Carvalho foi detido em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Vara Criminal do município de Itabaiana e depois encaminhado para a unidade policial, onde permanecerá à disposição da justiça.

 

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva