Ótica Perfil

ASSASSINATO: Suspeito pela autoria do disparo que matou ex-presidiário é preso em flagrante

INVESTIGAÇÃO | 14.05.2012 às 22:54h

A equipe de captura do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa, da Delegacia Regional de Polícia Civil, composta pelos agentes civis Joélinton e Edson e o sgt J. Santos, efetuou na final da tarde desta segunda-feira, dia 14, a prisão de Valmir Vieira dos Santos, 44 anos, morador do povoado Bom Jardim, município de Itabaiana (SE).

Ele é suspeito pelo autoria do disparo de arma de fogo que matou na noite de domingo, dia 13, o ex-presidiário José Banedito dos Santos, 57 anos.

Após ser preso em sua residência, o senhor Valmir Vieira foi conduzido à unidade policial e em depoimento prestado à delegada Viviane Jardim, ele confessou que ficou escondido atrás da porta da cozinha com uma escopeta calibre 12, logo depois de ter acordando por volta das 21 horas e percebido que havia alguém arrombando a sua casa.

No depoimento, ele também contou que quando a porta se abriu apontou a arma e em seguida puxou o gatilho.

Como o local estava escuro, o suspeito pensou que o desconhecido teria evadido-se, porém passado algum tempo, ele resolveu verificar a situação e notou que a pessoa estava caída no quintal, quando resolveu arrastá-la até o terreno de um sítio vizinho.

No outro dia ao acordar como costume, tomou o café e depois seguiu para o trabalho na roça, no entanto, ao retornar ao meio-dia viu a movimentação no local e mesmo assim, almoçou normalmente e para não levantar suspeita saiu de casa.

Após a confissão do suspeito a equipe de captura retornou a residência e encontrou a arma utilizada no crime e mais outra escopeta calibre 28, além do pé de cabra usado pela vítima para arrombar a porta da residência.

Valmir Vieira dos Santos é natural do município de Macambira (SE), entrentanto, ele reside no povoado Bom Jardim há vários anos. Já José Benedito, conhecido com Dida ou Tamanco, morava na Rua Argentina, no bairro Açude Velho, em Itabaiana, e era ex-presidiário, inclusive, de acordo com informações da delegada Viviane, existia um mandado de prisão em aberto contra o mesmo.   
   
Mesmo sendo conhecedora do dever da polícia, a comunidade do povoado Bom Jardim ficou revoltada com a prisão do senhor Valmir Vieira, por se tratar de uma pessoa honesta e trabalhadora, que agiu de forma violenta apenas para defender o seu patrimônio.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva