Ótica Perfil

VIOLÊNCIA: Polícia identifica suspeito de assassinar ex-presidiário

HOMICÍDIO NO SERTÃO | 08.02.2012 às 22:45h


(Foto: Alexandre Pingo/ FM Boca da Mata)

O suspeito pela autoria dos disparos que mataram o ex-presidiário Emanuel Aragão dos Santos, conhecido como Aragãozinho boiadeiro, 41 anos, foi identificado pela polícia como Manoel Vieira Santos, 34 anos.

O crime aconteceu no povoado Algodão, em Nossa Senhora Aparecida (SE), por volta das 7 horas da manhã de quarta-feira, dia 08, quando a vítima viajava juntamente com o suspeito em um veículo Volkswagem, modelo Gol, com placas DFN 7514/SE, licenciado em Aracaju, e conduzido por José Paz, 73 anos, tio de Manoel Vieira.

Segundo investigações da polícia, tio e sobrinho estavam se dirigindo a uma propriedade do ex-presidiário com o objetivo de analisar dois animais que serviria como pagamento de uma divida que Aragãozinho tinha com o sr. José Paz, no entanto, o suspeito e a vítima iniciaram uma discussão, e de posse de uma faca peixeira o ex-presidiário aplicou alguns golpes contra Manoel Vieira, que mesmo ferido, sacou de um revólver calibre 38 e deflagrou disparos na cabeça de Emanuel Aragão, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ainda de acordo com a polícia, o ex-presidiário estava ao lado do motorista, enquanto o suspeito se encontrava no banco traseiro do automóvel.

A polícia foi acionada por moradores da localidade e após encontrar o ex-presidiário já sem vida, a guarnição saiu em diligência e logo em seguida, tio e sobrinho foram localizados em uma fazenda nas proximidades, como também apreendeu a arma utilizada no assassinato com duas munições deflagradas e quatro intactas. Além da arma usada no homicídio, a PM ainda encontrou outro revólver calibre 38 com cinco munições intactas, que pertencia à vitima.

Como se encontrava ferido, Manoel Vieira foi encaminhado para o Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória (SE), sendo posteriormente transferido para o Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho, em Itabaiana (SE), onde deverá passar por uma intervenção cirúrgica. Após ser liberado pelos médicos, Manoel Vieira será levado para a Delegacia Municipal de Nossa Senhora Aparecida.

Ao ser preso, o suspeito inocentou o tio de qualquer participação no crime, assumindo a autoria dos disparos que mataram Emanuel Aragão dos Santos.

O ex-presidiário era natural de Nossa Senhora da Glória e havia cumprido pena por crime de roubo de gado.

AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.

 

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva