Ótica Perfil

Professor de Pinhão acusado de abuso sexual contra crianças é solto

JUSTIÇA | 15.12.2011 às 23:28h


(Foto: Polícia Civil)

Preso no último dia 24 de novembro sob a acusação de estupro de vulnerável em uma unidade educacional do município de Pinhão (SE), o professor José Everton de Oliveira, 28 anos, foi solto na tarde de quinta-feira, dia 15. Ele havia sido transferido na quarta-feira, dia 14, para o cadeião de Nossa Senhora de Socorro (SE).

No dia de sua transferência para o presídio, amigos e colegas de trabalho se manifestaram a favor do acusado por acreditar que é o mesmo é inocente e que o fato pode está relacionado a perseguição política, uma vez que em Pinhão os professores trabalham 160h e recebem por 125h, e o professor Everton foi o único a se rebelar contra a situação imposta pela administração municipal.

José Everton é casado, pai de uma criança de seis meses e além de lecionar no município de Pinhão, ele também trabalhava como diretor de uma escola municipal da cidade de Carira (SE).

AVISO:
A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva