Ótica Perfil

Polícia descobre crime de aborto praticado por jovem em povoado de Itabaiana

DENUNCIA | 06.12.2011 às 18:09h

Após denuncia anônima, agentes civis da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Itabaiana (SE), conseguiram elucidar na tarde desta terça-feira, dia 06, um crime de aborto praticado pela jovem Luana da Silva Oliveira, 20 anos, moradora do povoado Rio das Pedras, município de Itabaiana (SE).

Ela estava gestante de 7 meses, quando por intermédio de uma amiga adquiriu o remédio abortivo na última segunda-feira, dia 28, no entanto o efeito só se concretizou na quarta-feira, dia 30.

A jovem usou o vaso sanitário e ao perceber que a criança havia nascido viva ela deu descarga e em seguida saiu correndo para pedir ajuda a sua genitora, que por sua vez chamou uma vizinha, uma idosa de 80 anos, e depois que a mesma benzeu o feto elas resolveram enterra-lo no quintal da residência.

Diante da denuncia, os policiais foram ao local indicado, acompanhados das delegadas Heliara Santos Farias, da DAGV, e Jualiana Alcoforado, coordenadora da Delegacia Regional de Polícia Civil de Itabaiana, depois e escavarem o quintal localizaram o corpo da criança enrolado em um pedaço de pano já em avançado estado de putrefação.

Além de Luana, também foram detidas, Ivânia da Silva Oliveira, mãe da jovem, e a amiga que forneceu o remédio para o aborto.

Ainda foram levadas para a delegacia uma adolescente, irmã de Luana, e a idosa que ajudou a enterrar o feto.

Em depoimento, a acusada contou que resolveu praticar o aborto por não querer a criança.      

  


AVISO:
A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

PS.: Agradecimentos ao repórter Alex Henrique da Rádio Capital do Agreste pelas informações repassadas e ao internauta Douglas Santos por ter cedido as imagens.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva