Ótica Perfil

Em Aquidabã acusado de homicídio é preso e em Lagarto traficantes são detidos

AÇÕES POLICIAIS | 30.09.2011 às 05:48h

Coordenados pelo delegado Rodrigo Nunes Espinheira, agentes civis da cidade de Aquidabã (SE) efetuaram na tarde desta quinta-feira, dia 29, a prisão de Jivalci dos Santos, 25 anos, conhecido como “Vaci”.
Segundo a polícia, Jivalci é acusado de assassinar a golpes de facão José Augusto dos Santos, conhecido como “Cabelinho”.
O crime aconteceu no dia 22 de maio deste ano no povoado Pirunga, município de Capela (SE), e foi praticado juntamente com Paulo Sérgio dos Santos, 33 anos, conhecido com “Paulo Jegue” e Éder dos Santos, 29 anos, o “Curió”, irmãos de Jivalci.
De acordo com o delegado Rodrigo Espinheira, o homicídio foi motivado por um desentendimento durante um jogo de azar e a vítima teve a cabeça decepada.
Com a prisão de Jivalci dos Santos a polícia espera poder também localizar os outros dois acusados, uma vez que eles permanecem foragidos desde a época do assassinato.  

 
(Foto: Lagartense.com)

Já na cidade de Lagarto (SE), policiais do Setor de Entorpecentes da Delegacia Regional de Polícia Civil prenderam no bairro Jardim Campo Novo o traficante Riclécio Ferreira, 20 anos.
Na abordagem, o traficante tentou fugir do flagrante e arremessou um vasilhame contendo 15 pedras de crack para o quintal de uma residência vizinha, mas ao ser pressionado pelos agentes ele revelou onde estava escondido o entorpecente.

 
(Foto: Lagartense.com)

Durante revista à casa os policiais encontraram mais de 100 pedras de crack, duas câmeras fotográficas, uma gargantilha, tipo corrente, e veículo em seu nome. 

 
(Foto: Polícia Civil)

Ainda no mesmo município, os policiais civis, com apoio dos policiais militares do 7º Batalhão, também prenderam José Carlos Melo dos Anjos, conhecido como "Carlinhos", acusado de envolvimento com o crime de tráfico de drogas.  
José Carlos é ex-presidiário e atualmente trabalhava como gari da prefeitura do município de Lagarto e a prisão ocorreu bairro Santa Terezinha, onde na residência os policiais encontraram cinco trouxas com maconha.


(Foto: Polícia Civil)

Logo em seguida, os policiais encontraram em um terreno baldio, próximo à casa do traficante, meio quilo de maconha e sem chance de fugir do flagrante ele ainda indicou o local onde estava enterrado o restante da droga.
"Carlinhos" já havia sido condenado anteriormente a 23 anos de prisão por conta de uma tentativa e um homicídio, quando cumpriu dez anos da pena e depois foi posto em liberdade.
Ele estava morava com a mãe e dois irmãos, porém, segundo a polícia, eles não têm participação no crime.
Após ser preso “Carlinhos” foi levado para a carceragem da unidade policial, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva