Ótica Perfil

Homem acusado de envolvimento em chacina de Itabaiana é apresentado à imprensa

SUSPEITO | 08.09.2011 às 18:47h

 
(Fotos: Reinaldo Gasparoni/SSP)

 

Na manhã desta quinta-feira, dia 08, as delegadas Viviane Jardim (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa) e Juliana Alcoforado (Coordenadora da Delegacia Regional de Itabaiana), juntamente com Katarina Feitoza (Superintendente da Polícia Civil) e Viviane Cruz Pessoa (Coordenadora da Polícia Civil no Interior), apresentaram no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), em Aracaju (SE), o preso Márcio da Silva Santos, conhecido como “Márcio Tubaina”, 25 anos, suspeito pela autoria das mortes de quatro jovens na noite do último dia 16 de agosto na Rua “B” do conjunto Francisco Teles de Mendonça, na cidade serrana.

Segundo investigações da polícia, a chacina também teve a participação do adolescente J.B.S., 16 anos, conhecido como “Ninho”. Os suspeitos são moradores do conjunto Maria do Carmo Nascimento Alves, que também fica próximo ao local onde ocorreram os assassinatos.

A prisão de Márcio Tubaina e a apreensão do menor infrator se deu no final da madrugada de terça-feira, dia 06, no conjunto Maria do Carmo Nascimento Alves, em Itabaiana (SE), durante uma operação montada por policiais civis da Delegacia Regional de Itabaiana e o apoio do Comando de Operações Especiais (COE), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Coordenadoria das Delegacias do Interior (Copci), Coordenadoria das delegacias da Capital (Copcal) e do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate).

 

 

A elucidação da chacina aconteceu 20 dias depois das mortes de Mateus dos Santos Siqueira, 20 anos, Jéssica Prates dos Santos, 16 anos, Ana Paula dos Santos Moura, 14 anos, e José Yuri Santos Bispo, 18 anos. Os quatros jovens foram alvejados por disparos de revólver calibre 38 dentro de um quarto e foi motivado por ciúmes, uma vez que Márcio havia se relacionado com Jéssica Prates.


  

 

Segundo a polícia, além dos assassinatos dos jovens, Márcio Tubaina também é suspeito de ter matado a tiros os casais Givaldo Alves da Mota, 33 anos, e Maria Ivaní dos Santos, 31 anos, no dia 02 de julho durante a realização de uma seresta em um bar do conjunto Maria Coriza Bispo, e Carlos Roberto dos Santos e Maria Joseildes dos Santos, 25 anos, no interior do Bar do Beijo, no conjunto Maria do Carmo Nascimento Alves no dia 10 de julho.
A morte do primeiro casal aconteceu por engano, pois o objetivo seria matar o irmão de Givaldo, com quem o suspeito teve um desentendimento dentro do presídio, enquanto a mulher morreu por está na companhia da vítima.

Ainda de acordo com as informações policiais, Márcio Tubaina também participou do bando de Adriano de Jesus, conhecido como Adrianinho, que encontra-se em um dos presídios do Estado desde 2009 depois de ter sido condenado a 19 anos e seis meses por prática de homicídio. Já o adolescente  J.B.S., tem passagens pelo Cenam, e também teria participado dos assassinatos efetuando disparos de arma de fogo, uma vez que no local do crime foram encontradas diferentes cápsulas de balas.  

Márcio da Silva Santos é natural do Estado de Alagoas e reside em Itabaiana desde a infância.
Ele estava em liberdade condicional desde o dia 16 de junho do corrente ano quando saiu do Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Pinto no bairro Santa Maria, em Aracaju (SE), e durante os dois meses em que esteve solto é suspeito de ter cometido pelo menos 11 assassinatos no município serrano.

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva