Ótica Perfil

Tentativa de morte: Vítima e suspeito do crime ficam feridos

CRIME | 22.07.2011 às 17:59h

Uma tentativa de morte registrada por volta da 15 horas desta sexta-feira, dia 22, no Largo José do Prado Franco deixou o mototaxista José Welington Nunes dos Santos, 32 anos, gravemente ferido por arma de fogo em ponto localizado em frente ao Supermercado Messias Peixoto.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram no local do crime para socorrer a vítima e em seguida fizeram seu encaminhamento para o Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho.

Depois de receber os primeiros socorros, José Welington foi transferido em uma unidade avançada do próprio SAMU para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE).

O mototaxista reside com os pais na Rua Abílio de Oliveira e havia deixado o presídio recentemente por acusação de prárica de roubo. Ele também havia sido afastado da Cooperativa de Mototaxista (Coopermotos) há dois meses.

Após a tentativa de morte contra José Welington a polícia saiu em perseguição a um elemento que conduzia uma motocicleta em alta velocidade.

O mesmo foi encontrado na calçada de uma residência na Rua Gumersindo de Oliveira, bairro Bananeira, com um ferimento na coxa esquerda, próximo a virilha.

No local também estava uma motocicleta Honda, modelo Fan CG 150, sem placa, e toda suja de sangue.

Ele foi foi identificado como Jean Carlos Nascimento da Grança, conhecido como “Batoré”, 23 anos, residente no povoado Terra Vermelha, em Itabaiana (SE).

A polícia suspeita que ele esteja envolvido na tentativa de homicídio contra o mototaxista, uma vez que ao levantar da calçada uma cápsula de pistola 380 caiu de dentro de sua bermuda e que a arma tenha disparado quando ele foi coloca-la na cintura durante a fuga.

Jean Carlos também foi socorrido por uma equipe do SAMU e levado para o Hospital Regional de Itabaiana. Já na unidade hospitalar foram encontradas sete munições de pistola 380 em um dos bolsos da bermuda. Jean Carlos se encontra internado na unidade de saúde sob escolta policial.

O caso está sendo investigado por agentes do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa da Delegacia Regional de Polícia Civil, sob o comando da delegada Viviane Jardim. 

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva