Ótica Perfil

Polícia identifica suspeito pela morte de roteirista do jogo do bicho

INVESTIGAÇÃO POLICIAL | 05.07.2011 às 19:49h

 
(Foto: Divulgação)

Depois de 60 dias de investigações, agentes da Polícia Civil do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa da Delegacia Regional de Itabaiana (SE), sob o comando do delegado Francisco Gerlândio, identificaram Diogo dos Santos Oliveira, 22 anos, como sendo o acusado pelos disparos de mataram Alan Carlos de Jesus Santos.

O crime aconteceu no final da tarde do dia 04 de maio deste ano na Rua Heleno da Cunha Melo, em frente ao número 231, no bairro Campo Grande, quando a vítima fazia o roteiro do jogo do bicho e foi alvejado com três disparos na cabeça.

De acordo com as investigações da polícia, Diogo resolveu matar o jovem Alan Carlos por acreditar que o mesmo estaria envolvido no homicídio de seu pai, o senhor Paulo Rocha, conhecido com “Rocha do Bar”, assassinado a tiros na noite do dia 07 de janeiro, também deste ano, na Rua D do conjunto José Luiz da Conceição, entretanto o delegado Francisco Gerlândio revela que nos inquéritos que apuraram a morte do pai de Diogo nenhuma referência foi feita a Alan Carlos.

A polícia agora procura Diogo dos Santos Alves, uma vez que o mesmo se encontra foragido do Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão (SE), desde o último dia 25 de abril quando foi beneficiado com a saída temporária da semana Santa.

 
(Foto: Divulgação)

Durante as investigações que apuram a morte de Alan Carlos, os policiais conseguiram efetuar a prisão de Gilberto de Lima Costa Júnior, conhecido com Léo Cantor, 35 anos. Ele é natural de São Vicente (SP) e reside na Rua F do conjunto Miguel Pedro de Mendonça, em Itabaiana (SE), e é acusado de tráfico de drogas e de fornecer a arma de fogo e as munições utilizadas no assassinato de Alan Carlos, além de ser apontado como comparsa de Diogo dos Santos Oliveira.

 
(Foto: Divulgação)

Na mesma ação, a polícia também prendeu Ailton Tolentino Marques, conhecido como Paulista ou Galego, 43 anos, natural de Santo André (SP) e residente na Rua “O”, do conjunto Francisco Teles Mendonça,também em Itabaiana, em uma casa alugada por Léo Cantor.
Paulista ou Galego é acusado de ser o maior vendedor de drogas pertencentes a Gilberto de Lima, o Léo Cantor.
Segundo a polícia, Ailton Tolentino é portador do HIV, tem inimigos dentro do PCC, já cumpriu pena de 16 anos em São Paulo e se refugiou em Itabaiana por está jurado de morte.

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva