Ótica Perfil

Após chegada de psicóloga, seqüestrador se rende e mulher é libertada

CÁRCERE PRIVADO | 19.04.2011 às 16:14h


(Foto: Arthur Soares/Cinform Online)

Depois de quase 30 horas, chegou ao fim o seqüestro da jovem Cristielane Caetano Mota Santos, 21 anos.
Ela foi libertada por volta das 15 horas desta terça-feira, dia 19, e em seguida, o ex-marido José Elígio Tavares, 24 anos, se entregou à polícia após conversar com a psicóloga da Defensoria Pública do Estado, Juliana Andrade.

Assim que deixaram o quarto de uma vila na Rua Rua Tenente Quaranta no bairro Suíssa, ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), levaram a vítima para o Hospital Nestor Piva na Zona Norte, e o seqüestrador para o Hospital São José, ambos na capital sergipana.

Cristielane e José Elígio viveram juntos por sete anos e estava separados há 20 dias, uma vez que a jovem não aceitava mais as agressões do companheiro.

 
(Foto: Reproduzida/TV Sergipe)

Por não aceitar o fim do relacionamento, José Elígio decidiu seqüestrar a ex-mulher por volra das 09 horas da manhã de segunda-feira, dia 18, quando a mesma deixava o filho do casal, de cinco anos, na escola.

Durante o cárcere privado Cristielane Caetano foi alvejada na perna por um disparo de revólver calibre 38 na perna.

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

(Foto: Arthur Soares/Cinform Online)

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva