Ótica Perfil

Foragido da justiça sergipana morre ao tentar furar bloqueio policial

FLORO CALHEIROS | 10.04.2011 às 10:59h


(Foto: Reprodução)

O foragido da justiça sergipana, Floro Calheiros Barbosa, morreu na madrugada deste domingo, dia 10, ao tentar furar um bloqueio das policias Federal e Militar dos Estados da Bahia e Pará.

 
(Foto: Reprodução)

O fato ocorreu inicialmente no município de Gurupí, no Estado de Tocantins, quando Floro foi localizado, juntamente com o filho, um sobrinho e um pistoleiro.


(Foto: Divulgação - SSP/SE)

Com a chegada da polícia houve troca de tiros e Fábio Calheiros, filho do foragido, foi baleado na barriga. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional de Gurupi, Estado do Tocantins, enquanto um homem conhecido como "Bala", pistoleiro de Floro, foi detido. Já Floro Calheiros conseguiu escapar juntamente com o sobrinho Lucas Calheiros Barbosa.


(Foto: Divulgação - SSP/SE)

Em seguida, a polícia montou uma barreira na divisa dos Estados da Bahia e Tocantins, quando houve novo enfretamento entre os foragidos e os policiais e na troca de tiros acabaram morrendo, Floro Calheiros e Lucas Calheiros Barbosa, segundo informações preliminares da Assessoria de Comunicação da SSP/SE.

Floro Calheiros Barbosa foi o responsável pelo atentado contra o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE), Luiz Mendonça, no dia 18 de agosto de 2010, na Avenida Beira Mar, em Aracaju (SE), entre outros crimes.

A SSP/SE divulgou uma nota sobre a operação que culminou na morte de Floro Calheiros e seu sobrinho, Lucas Calheiros Barbosa. Clique AQUI e leia.

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva