Ótica Perfil

Polícia Civil volta a efetuar prisões na cidade de Malhador

JUSTIÇA | 01.04.2011 às 06:50h

Com informações da Polícia Civil de Malhador (SE)

Dando continuidade a "Operação Captura" em Malhador, a Polícia Civil cumpriu mais três mandados de prisão preventiva, expedidos contra três acusados de homicídio. Na ação policial foram detidos nesta quinta-feira, dia 31, Cosme Silva dos Santos, conhecido como "Piroca", José Edimilço Oliveira Santos e Willian Alberto Correia Lima, conhecido por "Nico".

Cosme Silva dos Santos está sendo acusado de ter matado, com golpes de faca, o Sr. Leandro Menezes. Após a prisão, Cosme confessou o crime em depoimento e disse, entre outras coisas, que não estava arrependido e que faria tudo novamente.
No segundo turno das eleições de 2010, o autor e a vítima, após uma mera discussão, entraram em vias de fato, em seguida Cosme foi para casa, pegou seus documentos e uma faca tipo "peixeira" e retornou para o local da discussão, e ao avistar Leandro  indo embora, ele o seguiu e, sem possibilitar qualquer tipo de defesa, desferiu cerca de três golpes de facas. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Já o acusado fugiu imediatamente e acabou sendo localizado.

Willian Alberto Correia Lima está sendo acusado de ter matado duas pessoas no Estado de São Paulo, mais precisamente em São Vicente.
Segundo as informações repassadas pela justiça de São Paulo, o crime teria ocorrido em 1999, quando Willian e um suposto comparsa, já falecido, teria matado duas pessoas, poucos dias após o Natal daquele ano. Imediatamente após o fato, Willian fugiu e foi morar em Malhador (SE), onde estava trabalhando de pedreiro e em cumprimento a Mandado de Prisão, ele foi capturado.

Ainda no desenvolvimento da “Operação Captura”, os agentes da Polícia Civil efetuou a detenção de José Edimilço Oliveira Santos, acusado de envolvimento no duplo homicídio ocorrido no Povoado Cova da Onça, em Moita Bonita, no dia 22 de março contra José Carlos dos Santos, 57 anos, e José Humberto dos Santos, 34 anos.

O preso está sendo acusado de ter participado diretamente do duplo assassinato, uma vez que, segundo a polícia, ele estava na cena do crime, deu fuga aos autores e depois escondeu a arma de fogo utilizada para ceifar a vida de duas pessoas. Ainda segundo a polícia, a motivação do crime teria sido um relógio no valor de R$ 5,00 (cinco reais), já que uma das vítimas estava acusando um dos autores de tê-lo subtraído.

Após a prisão de Edimilço ( a grafia é essa mesmo), a polícia localizou o revolver calibre 38 utilizado no crime, o qual ainda estava completamente sujo de sangue e com as cápsulas deflagradas.
Ainda de acordo com a polícia, Edimilço já foi preso e processado por um latrocínio ocorrido em 2008 no município de Moita Bonita (SE).

Ao todo, já foram 08 (oito) mandados judiciais cumpridos desde o início da operação, ocorrida na segunda-feira, 28.
Na primeira ação policial foram detidos José Leandro dos Santos, conhecido como “Zé de Preta”, José Rogaciano dos Santos Silva, Tiago Oliveira da Paixão, 4. E.J.D.S (MENOR) e Genilson Andrade, enquanto nesta quinta-feira, dia 31, a polícia conseguiu efetuar as detenções de Cosme Silva dos Santos, conhecido como “Piroca”, Willian Alberto Correia de Lima, conhecido como “Nico” e José Edimilço Oliveira Santos.

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva