Ótica Perfil

Adolescentes são apreendidos acusados de assassinato

CRIME | 11.01.2011 às 19:15h
Com informaçõse da SSP

A Polícia Civil deteve nesta terça-feira, dia 11, dois adolescentes que assassinaram e deceparam a mão de Diego Gilson dos Santos, 15 anos, em Nossa Senhora das Dores, distante 77 quilômetros de Aracaju. Os acusados foram apreendidos menos de três horas após o fato.

Os agressores têm 15 e 16 anos de idade, e utilizaram uma estaca de madeira e uma faca para matar e esquartejar a vítima. O crime foi realizado no início da tarde, por volta das 13h, numa plantação de macaxeira, no conjunto Jaime Figueiredo, zona rural do município.

Segundo o delegado Felipe Tócori, da Delegacia da Polícia Civil em Nossa Senhora das Dores, a população acionou a equipe após encontrar o corpo de Diego. "Iniciamos diligências de imediato para localizar o primeiro suspeito, que foi visto horas antes com a vítima", explicou.

O primeiro adolescente foi detido numa barreira montada pela Polícia Civil numa estrada vicinal. "Ele estava na carroceria de um caminhão, junto a trabalhadores rurais e pretendia simular que tinha trabalhado o dia inteiro, para se isentar de qualquer suspeita", relata Tócori.

Ao ser detido, o garoto confessou o ato infracional e revelou onde estavam as roupas sujas de sangue - que trocou antes de ir trabalhar -, além da faca e da estaca usadas no homicídio, e a mão de Diego, que foi jogada em um terreno baldio próximo à residência do acusado.

"Depois o primeiro suspeito nos disse quem foi seu parceiro na ação, que estava escondido em casa. Fomos ao local e ele confirmou todos os fatos relatados pelo outro jovem", explicou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado Felipe Tócori, o motivo do crime teria sido uma vingança. "Os garotos alegaram que o Diego Gilson acusou-os de furtos recentes ocorridos em propriedades rurais do município, mas essas e outras informações serão checadas durante o inquérito", acrescentou.Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva