Segunda, 05 de dezembro de 2016
Itabaiana-SE, Mín: 23ºC | Máx: 32ºC

Suspeitos de assaltos em Itabaiana são detidos pelas polícias Civil e Militar

CRIMINALIDADE | 27.09.2010 às 15:02h

 
(Foto: Polícia Civil de Itabaiana)

Após uma perseguição ocorrida no sábado, dia 25, policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar conseguiram efetuar as detenções de Júlio Ricardo Torres dos Santos, 21 anos, e Luiz Carlos dos Santos, 25 anos. Acusados do crime de assaltos a transeuntes.

Segundo informações da polícia, a dupla foi detido minutos depois de terem assaltado quatro pessoas no centro da cidade de Itabaiana. Ainda de acordo com a polícia, os acusados utilizavam uma motocicleta prata e simulavam estar armados para cometerem os crimes.

Na delegacia, os dois indivíduos confessaram a prática dos delitos, como também foram reconhecidos pelas vítimas. Os objetos roubados pelos acusados foram recuperados e em seguida devolvidos às vítimas.

Já na manhã desta segunda-feira, dia 27, policiais civis da Delegacia Regional de Itabaiana conseguiram deter Charles do Nascimento Almeida, 18 anos, também acusado de praticar assaltos em Itabaiana.

Segundo levantamento dos policiais, ele agia sempre em companhia de um adolescente infrator, também identificado pela polícia civil, em uma motocicleta para atacar pessoas que transitavam na Avenida Dr. Luiz Magalhães.

A prisão preventiva dos acusados foi solicitada ao Poder Judiciário após os agentes civis terem identificado a dupla há cerca de uma semana.

Encaminhado à unidade policial, Charles foi reconhecido pelas vítimas e em depoimento também confessou os crimes.

A integração entre as Polícias Civil, Militar, Ministério Público e Poder Judiciário, possibilitou a realização de mais de 140 prisões nos últimos 100 dias em Itabaiana, de acordo com levantamento feito pelo delegado Fábio Pereira, coordenador da Delegacia Regional de Itabaiana.


A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2016 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva