Caminhoneiro itabaianense morre em acidente na BR-101 no Estado da Bahia

TRÂNSITO | 25.09.2010 às 17:03h
O capotamento do caminhão Mercedez Benz, modelo 1620 de cor azul, com placas IAH 1090/SE (Ribeirópolis) causou a morte do caminhoneiro Gimoceli Alves Lima, 33 anos. Natural de Itabaiana, ele faria aniversário no próximo dia 07 de outubro.

De acordo com informações de familiares, o caminhoneiro retornava da cidade de Salinas no Estado de Minas Gerais carregado de telhas quando perdeu a direção do veículo após cochilar ao volante e em seguida capotou.
O acidente ocorreu entre o meio-dia e 13 horas de sexta-feira, dia 24, na BR-101 nas proximidades da comunidade baiana de Loreto, em Rio Real.

Um caminhoneiro que trafegava no mesmo sentido da rodovia, declarou que havia percebido que o caminhão estava em zig-zag e por isso buzinou várias vezes, mas mesmo assim ele não conseguiu fazer com que Gimoceli se alertasse.
 
Com graves ferimentos, principalmente na cabeça, o caminhoneiro ainda foi socorrido por uma equipe do SAMU e levado ao hospital da cidade de Cristinápolis.

“Celi”, como era chamado pela família e amigos, estava há 30 dias longe dos familiares e só retornaria para casa após entregar a carga na cidade de João Pessoa (PB).

Casado e pai de duas filhas, sendo uma de 10 anos e outra de apenas um ano, Gimoceli morava à Rua Antonio Dutra no centro da cidade de Itabaiana e desde os 18 anos ele rodava na Rio-Bahia.

O corpo de Gimoceli Alves Lima foi velado no velatório de Santo Antonio e Almas e sepultado no final da tarde deste sábado, dia 25, no Cemitério de Santo Antonio e Almas de Itabaiana.


A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva