Sábado, 10 de dezembro de 2016
Itabaiana-SE, Mín: 22ºC | Máx: 29ºC

Tentativa de homicídio ocorrida em 2006 no Ciretran de Itabaiana é elucidado

POLÍCIA CIVIL | 21.09.2010 às 10:01h

 
(Foto: Polícia Civil de Itabaiana)

Agentes da Polícia Civil do Setor de Homicídios, coordenados pelo delegado Francisco Gerlândio da Delegacia Regional de Itabaiana, efetuaram na noite de segunda-feira, dia 20, a detenção de Denis dos Santos Lima, 25 anos. Ele suspeito de ter participado da tentativa de homicídio contra o vigilante Nilvan Almeida de Jesus, ocorrido em 29 de dezembro de 2006, nas dependências do Ciretran Vice-governador Benedito Figueiro, localizado à Avenida Dr. Luiz Magalhãesm em Itabaiana.

Durante as investigações os policiais descobriram que Denis dos Santos estava acompanhado de seu padrasto Joanes Carlos Fagundes e chegaram ao local do crime em uma motocicleta e disfarçados com perucas louras.
Ainda de acordo com as investigações, o responsável pelos disparos contra Nilvan Almeida foi Joanes Carlos.

Ainda conforme foi apurado no inquérito policial, o crime se deu porque Joanes era vigilante do CIRETRAN, e quando despedido, foi substituído por Nilvan Almeida, fato que provocou revolta em Joanes Carlos. 

Mesmo ferido o vigilante revidou e acertou Joanes várias vezes. Nilvan e Joanes Carlos foram socorridos e encaminhados ao Hospital de Urgência e Emergência de Sergipe (HUSE). Nilvan Almeida e Joanes Carlos conseguiram se recuperar dos ferimentos após ficarem internados por alguns dias na unidade hospitalar, sendo que o acusado de tramar o atentado contra o vigilante ficou paraplégico e morreu depois de quase dois anos do crime.

Denis dos Santos Lima foi localizado no centro da cidade de Itabaiana quando estava trafegando em uma motocicleta e após ser detido foi levado à unidade policial onde prestou depoimento e confirmou ao delegado sua participação no atentado, afirmando que sua função foi levar o padrasto ao local do fato e que o responsável pela execução foi Joanes Carlos.
Denis já esta a disposição do Poder Judiciário, uma vez que o trabalho investigativo está completamente concluído.


A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.
Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2016 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva