Ótica Perfil

Estuprador é detido em Lagarto após praticar o crime na cidade de Itabaiana

ESTUPRO | 14.09.2010 às 18:40h
Agentes da Polícia Civil de Itabaiana, coordenados pela delegada Juliana Alcoforado, da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), conseguiram efetuar em flagrante na tarde de segunda-feira, dia 13, a detenção de Fábio do Nascimento, conhecido por Fabinho, após o mesmo ter praticado um estupro contra uma jovem de 21 anos.

Mesmo estando bastante ferida e apresentando sangramento no rosto, a vítima compareceu à unidade policial por volta das 12 horas e denunciou o criminoso.
A jovem contou à delegada que o autor trabalhava em um bar localizado no térreo do apartamento em que ela morava, e que ele teria invadido sua residência agarrando-a à força.

A vítima também relatou que o acusado a espancou e ainda teve um lápis cravado várias vezes em seu corpo e que por conseqüência de um soco na face acabou desmaiando. Ela também revelou à delagada que somente acordou quando estava sendo vestida por vizinhos.

Diante da denúncia, os policiais foram ao local de trabalho do acusado e obtiveram uma fotografia dele.
Após alguns contatos com taxistas e mototaxistas da cidade de Itabaiana os agentes iniciaram as diligências e localizaram o autor do crime de estupro na Colônia 13 no município de Lagarto (SE).

De acordo com informações dos policiais, ao ser abordado o acusado ainda tentou fugir por entre um matagal, mas foi contido em seguida.
Fábio do Nascimento foi detido e encaminhado a Delegacia Regional de Itabaiana. Em depoimento à delegada Juliana Alcoforado, ele confessou a prática do crime, mas alegou que estava possuído pelo “Satanás” quando atacou a vítima. O acusado já responde por uma tentativa de homicídio ocorrida em 2004 na cidade de Lagarto.

Segundo dados levantados pela delegada Juliana Alcoforado, esta é a 80ª prisão realizada pela Delegacia da Mulher somente em 2010.


A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva