Ótica Perfil

Polícia tenta desvendar chacina em São Domingos

| 17.02.2008 às 10:46h
Três pessoas foram executadas por volta das 23 horas desta quarta-feira, dia 13, no município de São Domingos.
Das três pessoas mortas foram identificados apenas os corpos de Carlos Alberto Freitas de Oliveira, 36 anos, e de Tiago Menezes Santos, 22 anos. A terceira vítima está sem identificação no Instituto Médico Legal (IML), em Aracaju.

A principal testemunha da chacina, Antônio César de Figueiredo, que teria sobrevivido a emboscada, está detida na delegacia de São Domingos para prestar esclarecimentos. Nas primeiras investigações levantadas, a polícia já descobriu que Antônio César de Figueiredo saiu do município de Lagarto com destino a Campo do Brito com Carlos Alberto Freitas de Oliveira. Os dois viajavam numa moto CG Titan cor preta de placa HZC 6549/SE. Na versão passada à polícia, Antônio César disse que por não possuir carteira de habilitação resolveu seguir viagem por uma estrada de piçarra para escapar da fiscalização da CPRV na Rodovia Rosendo Ribeiro de Souza.
Ao chegar no Povoado Mulungu, os dois se depararam com dois corpos ao lado de uma moto CG Titan de cor azul sem placas e que ainda, segundo ele, resolveu retornar e pegar a rodovia, mas antes de chegar à pista, ou seja, ainda no Povoado Conselho também em São Domingos, foram surpreendidos com vários disparos, os quais atingiram Carlos Alberto. Antônio César também informou na delegacia que fugiu e pediu ajuda na CPRV.

Segundo informações passadas por familiares, Carlos Alberto Freitas de Oliveira tinha quatro filhos e possuía uma oficina de carro no município de Campo do Brito.
Nos primeiros levantamentos sobre a chacinha a polícia já descobriu que a moto encontrada ao lado dos dois corpos no povoado Mulungu tinha restrições de furto.
Fotos: Reproduções
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva