Ótica Perfil

Morre em hospital de Aracaju criança envenenada por bombom enviado por professora

Bombom envenenado | 29.04.2010 às 09:37h

 
Clique na foto para ampliá-la

Após ficar aproximadamente 20 dias internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) vítima de envenenamento, a criança Agnaldo Júnior Oliveira, 06 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira, dia 29.
O garoto foi internado em estado de coma após comer um bombom envenenado no final da tarde de sábado, dia 10 de abril.
Com hemorragia, isquemia e endemia cerebral, o menino já havia sofrido cerca de seis paradas cardíacas.
O bombom foi enviado pela professora Genailde Cardoso Santos, 33 anos, à tia da criança, a adolescente Jéssica Lima de Oliveira, 17 anos, residente à Rua Francisco Oliveira, em Itabaiana.
A encomenda foi entregue por um mototaxista na residência da adolescente no dia do seu aniversário e na cesta um cartão anônimo orientava a jovem a comer dois bombons específicos.
A adolescente chegou a comer metade de um bombom, mas ao notar um gosto estranho ela jogou a outra metade fora. Já a criança comeu todo o bombom e começou a passar mal.
Sob investigação do delegado Paulo Cristiano Ricarte, da Divisão de Entorpecentes e Morte tentada da Delegacia Regional de Itabaiana, a polícia deteve na segunda-feira, dia 19, a professora Genailde Cardoso Santos, 33 anos, a época acusada de tentativa de homicídio qualificado por envenenamento.
(Foto: Reprodução)
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva