Ótica Perfil

Bombom envenenado: casal é detido pela Polícia Civil

Polícia | 20.04.2010 às 00:35h

A Polícia Civil de Itabaiana deteve temporariamente na manhã de segunda-feira, dia 19, a professora Genailde Cardoso Santos, 33 anos, e seu esposo Adailson da Cunha Lima, 32 anos.
De acordo com a polícia, os dois são suspeitos de tentativa de homicídio qualificado por envenenamento contra a adolescente Jéssica Lima de Oliveira, 17 anos, e seu sobrinho A. J. O. B, 06 anos. Temendo uma invasão a delegacia, uma vez que parentes e amigos das vitimas promoveram no início da noite uma manifestação em frente a unidade policial, o casal foi imediatamente transferido para a capital sergipana.
Segundo declarações do delegado Paulo Cristiano Ricarte, a polícia não tem provas de que Adailson esteja envolvido no crime, mas nenhuma possibilidade ainda foi descartada. Quanto a Genailde, os indicios são de que ela realmente está envolvida no crime, inclusive existem informações de que a mesma já havia tentado atropelar a adolescente anteriormente, além de fazer ameaças de morte a uma irmã da jovem.
Ainda de acordo com o delegado, após a conclusão do inquérito será encaminhado a justiça o pedido de prisão preventiva do casal.

A tentativa de envenenamento contra Jéssica Lima de Oliveira aconteceu no último dia 10, exatamente na data em que a adolescente estava fazendo aniversário e recebeu em sua residência, localizada à Rua Francisco Oliveira, uma cesta de bombons com um cartão anônimo entregue por um mototaxi.
Em depoimento a polícia, a adolescente revelou que o cartão orientava para que ela comesse dois bombons especificos e dizia também que as delícias a levariam para o céu.
Ao comer a metade de um chocolate Jéssica notou um gosto estranho e jogou o restante fora, enquanto o seu sobrinho comeu um bombom inteiro. Em seguida os dois começaram a passar mal e foram encaminhados ao Hospital Dr. Pedro Garcia Moreno Filho.
Após algumas horas em observação, Jéssica foi liberada pelos médicos. Já a criança em situação mais grave foi transferida para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) na capital sergipana.
De acordo com informações passadas pela assessoria de comunicação social da unidade hospitalar em Aracaju, o menino está em coma, sendo constatado através de tomografia a existência de hemorragia, isquemia e edema cerebral.
O chocolate envenenado foi recolhida pela polícia para exame toxicológico.
(Foto: Reprodução)

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva