Ótica Perfil

Justiça concede liberdade provisória a Sargento suspeito de matar soldado da PM de Sergipe

Alvará de Soltura | 22.09.2020 às 04:51h

A Justiça concedeu ao Sargento PM José Matias Silva o direito de responder em liberdade a acusação pela morte do soldado Cristyano Rondynelli Gomes de Melo assassinado com um tiro na cabeça no município de Monte Alegre de Sergipe, no Alto Sertão do Estado.

A decisão foi assinada na segunda-feira (21) pelo juiz plantonista Otávio Augusto Bastos Abdala, do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJ/SE). Ao conceder a liberdade provisória, o magistrado suspendeu o exercício da função pública do militar e ainda encaminhou oficio ao comando da Polícia Militar para que também adote as medidas.

Na decisão, o juiz ainda aplicou medidas cautelares como a obrigatoriedade de comparecer mensalmente em juízo; a proibição de ausentar-se da Comarca sem autorização judicial por mais de 15 (quinze) dias, ressalvada a necessidade de internação hospitalar para tratamento de sua saúde; e o recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga.

Por meio de nota, a PM destacou que as condutas dos policiais militares serão rigorosamente apuradas pela Instituição e que já foram adotadas todas as medidas preliminares com o rigor e a agilidade que a situação requer, inclusive, procedendo com a prisão em flagrante do suspeito da autoria do crime.

As investigações para apurar as circunstâncias da morte do soldado PM estão sob responsabilidade da Polícia Civil, através da Coordenadoria das Delegacias do Interior. O inquérito foi instaurado e está sendo conduzido pela Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória/SE.

O caso

O soldado da Polícia Militar de Sergipe, Cristyano Rondynelli Gomes Melo de 34 anos, foi assassinado na noite sábado (19) logo após ter participado de uma confraternização com amigos na cidade de Monte Alegre de Sergipe, no Alto Sertão do Estado.

O policial se encontrava em um carro com outros três colegas, quando teria ocorrido uma discussão com o Sargento Matias, que sacou uma arma de fogo e atirou fatalmente contra o soldado. O fato ocorreu dentro do veículo na Rodovia SE-230 no momento em que a vítima se deslocava para o Povoado Santa Rosa do Ermírio, em Poço Redondo/SE.

O soldado Rondinelli, assim como o suspeito e os demais policiais, estavam de folga. O suspeito pela autoria do crime foi preso em flagrante e levado para a Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória/SE, sendo posteriormente encaminhado para o Presídio Militar (Presmil), em Aracaju/SE.

Cristyano Rondynelli ingressou na PM de Sergipe em 2015 e atualmente estava lotado em Lagarto/SE no 7.º Batalhão de Polícia Militar (7.º BPM). Ele era natural de Santana do Ipanema (AL) e deixou esposa e dois filhos.

Da Redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva