Ótica Perfil

Ação conjunta resulta na prisão de suspeito por estupro de vulnerável em Itabaiana

Polícias em ação | 15.09.2020 às 21:16h

Ação conjunta entre as Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal ocorreu na segunda-feira (14) e resultou na prisão em flagrante de um suspeito de estupro de vulnerável. O crime foi praticado na cidade de Nossa Senhora da Glória, no Alto Sertão sergipano, e foi elucidado pela Polícia Civil, enquanto a prisão se deu no município de Itabaiana, no Agreste sergipano.

Por volta das 21h familiares de uma criança de 11 anos de idade, do sexo feminino, compareceram na Delegacia de Nossa Senhora da Glória para informar que a menina tinha sido vítima de abuso sexual, cometido por um amigo que tinha ido passar o final de semana com a família.

De imediato, a vítima e seus familiares foram acolhidos pela agente de polícia responsável pelo atendimento a grupos vulneráveis. Em seguida, começaram as buscas pelo suspeito, sendo determinadas várias diligências e traçadas diferentes linhas de investigação.

Após vasculhar hotéis, pousadas e motéis da cidade de Nossa Senhora da Glória e região e fazer a identificação completa do fugitivo e de seu veículo, a Polícia Civil chegou à informação de que o agressor já se encontrava na cidade de Itabaiana/SE, no intuito de empreender fuga com destino à cidade de Salvador/BA.

Imediatamente, foi solicitado apoio à Delegacia Regional de Itabaiana, ao Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) do 3.º Batalhão de Polícia Militar (3.º BPM) e à Polícia Rodoviária (PRF), para que efetuassem as buscas e fizessem barreiras com a finalidade de capturar o fugitivo.

O suspeito foi interceptado pela PRF na saída de Itabaiana, tendo a autoridade policial imediatamente dado voz de prisão ao homem, que foi conduzido até a unidade policial para a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante e dos procedimentos cabíveis ao caso.

As investigações foram coordenadas pelo delegado Eurico Nascimento, responsável pela Delegacia de Nossa Senhora da Glória, e o suspeito já estava devidamente preso em menos de 4h e à disposição do Poder Judiciário do Estado de Sergipe.

Da Redação: Com informações da SSP/SE
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva