Ótica Perfil

Equipe da Delegacia da Mulher de Itabaiana e Polícia Militar efetuam detenções de acusado de abuso sexual e violência doméstica

Violência doméstica | 07.04.2010 às 08:22h

Foi detido na segunda-feira, dia 05, REINALDO DOS SANTOS LINO, conhecido como RENATO, 51 anos, acusado de ter abusado sexualmente de sua sobrinha, à época com 11 anos de idade. O fato ocorreu no Povoado Gandu 1, em Itabaiana, em novembro do ano 2006, e foi denunciado pela mãe da vítima. O autor estava foragido da Justiça com mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo de Itabaiana. De acordo com a polícia, após a denuncia o acusado buscou refúgio na cidade de Carira.
Coordenada pela delegada Juliana Alcoforado, uma equipe da Delegacia da Mulher, empreendeu várias diligências entre o município sergipano de Carira e a cidade baiana de Pedro Alexnadre, e para surpresa dos policiais o autor foi localizado escondido da casa da própria mãe da vítima, no Povoado Gandu 1, a qual despistou o trabalho da Polícia para que o irmão não fosse capturado. Reinaldo dos Santos Lino está custodiado na Delegacia de Itabaiana, à disposição da Justiça.
Também foi detido no mesmo dia ANTÔNIO MARCOS TAVARES SOUZA, conhecido como FEIJOADA, acusado de vários crimes envolvendo violência doméstica contra ANA MÉRCIA MENEZES BISPO, sua companheira.
Segundo a delegada Juliana Alcoforado, o casal já possuía um vasto histórico de violência doméstica e dois procedimentos estão em andamento perante a Justiça Itabaiana. Em fevereiro deste ano, o acusado esfaqueou várias vezes a companheira no rosto, na nuca e na região da coluna, mas ela conseguiu se recuperar uma vez que as lesões não foram graves.
A época do fato o acusado se evadiu e sua prisão preventiva foi representada junto ao Juízo de Itabaiana, mas enquanto a polícia aguardava o respectivo mandado, ele voltou a agredir a companheira físicamente, além de ameaças e injúrias na última segunda-feira, dia 05.
Diante do ocorrido, a vítima acionou a Polícia Militar e o agressor foi detido  e conduzido a Delegacia da Mulher, onde foi lavrado o auto de detenção em flagrante.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva