Ótica Perfil

Polícias Civil e Militar deflagram operação para localização de suspeitos de pistolagem e associação criminosa

Região Sul de Sergipe | 05.02.2020 às 10:16h

Nas primeiras horas desta quarta-feira (05) as polícias Civil e Militar deflagram uma "Operação Terminus" com a finalidade de localizar pessoas suspeitas de envolvimento em crimes de pistolagem e associação criminosa nas cidades de Cristinápolis e Tomar do Geru.

A ação policial consistiu no cumprimento de mandados de prisão e busca domiciliar contra membros de uma associação criminosa responsável por crimes de pistolagem e tráfico de drogas na região Sul do Estado de Sergipe, resultando na apreensão de 04 (quatro) pistolas, 02 (dois) revólveres e dois veículos, além de substâncias entorpecentes.

De acordo com informações das policiais envolvidas na ação, em Cristinápolis dois homens foram Joneci Góes de Oliveira, conhecido como "Geno" ou "Cigaro", líder da associação criminosa; e Tairone dos Santos Silva. Os suspeitos eram ex-presidiários e entraram em confronto com as equipes e acabaram sendo alvejados a tiros. Eles foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

Ainda na cidade, um outro suspeito identificado como Robson Santos Santiago, conhecido por "Robinho", foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Já em Tomar do Geru, Gilmar Santos da Silva entrou em confronto com as forças de segurança e também morreu, enquanto José de Jesus, conhecido por "Flávio", foi autuado em flagrante também por posse ilegal de arma de fogo.

O codinome da operação "Terminus" se refere a geografia dos dois municípios onde as ações foram implementadas. A operação teve a participação das equipes o Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), Divisão de Inteligência Policial (Dipol), Delegacia Regional de Tobias Barreto e do 11.º Batalhão de Polícia Militar (11.º BPM).

Da Redação: Informações - Ascom SSP/SE
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva