Ótica Perfil

Suspeito de participação em crime de homicídio morre durante ocorrência policial no Alto Sertão Sergipano

Resistiu à Prisão | 12.06.2019 às 19:21h

Em uma ação rápida envolvendo policiais civis de Canindé de São Francisco, coordenados pelo delegado Fábio Santana, e as equipes do 4.º Batalhão da Polícia Militar (4.º BPM), sob o comando do Tenente Coronel Ianderson Coutinho, conseguiu elucidar um homicídio registrado no início da tarde de terça-feira (11) no Alto Sertão Sergipano.

Logo após tomar conhecimento do assassinato de José Messias Farias da Silva com 36 anos, ocorrido por volta das 12h40 no bairro Olaria, na cidade de Canindé de São Francisco, os agentes civis e militares se deslocaram para a cena do crime e depois de colherem as informações a respeito do homicídio, onde os executores foram identificados, as equipes iniciaram as buscas para prende os suspeitos.

Durante as diligências os policiais conseguiram localizar no mesmo bairro onde aconteceu o assassinato, um comparsa dos autores do delito identificado como sendo Bruno Emanoel da Silva Carvalho de 18 anos, conhecido por "Zé Pequeno".

Na ocasião, o indivíduo indicou onde os demais suspeitos estariam homiziados. Ao chegarem, na residência indicada por "Zé Pequeno" localizada, no bairro da Torre, os policiais foram recebidos por disparos de arma de fogo efetuados pelo meliante identificado por Edilson da Silva Nascimento de 22 anos, conhecido pela alcunha de "Inhônho", o qual não resistiu aos ferimentos causados pela ação defensiva da polícia.

No mesmo local, seu comparsa identificado por Maikon Douglas da Silva de 22 anos tentou fugir pelos fundos da residência, entretanto, ele acabou sendo capturado. Segundo a polícia, Maikon seria o responsável por ter apontado a localização da vítima José Messias, a qual foi executada por "Inhônho" com diversos disparos de arma de fogo.

Na residência, os policiais aprenderam a arma utilizada no homicídio contra José Messias e também na ação contra as equipes, além de munições, 01 (uma) balança de precisão e 02 (duas) facas.

Em desfavor de Bruno Emanoel da Silva Carvalho existia um mandado de prisão preventiva por delito de homicídio tentado praticado no Estado da Bahia. Já contra Edilson da Silva Nascimento também havia um mandado de prisão preventiva por crime de homicídio praticado na cidade de Arapiraca, no Estado de Alagoas, tendo um músico como vítima.

Ainda de acordo com informações policiais, os três indivíduos eram investigados por delitos de roubos e tráfico de drogas praticados na cidade de Canindé de São Francisco. (Fotos: Polícia Civil de Sergipe)

Da Redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva