Ótica Perfil

Dupla acusada de integrar quadrilha de roubos nos municípios de Campo do Brito, São Domingos e Macambira é presa pela Polícia Militar

No Agreste de Sergipe | 11.05.2019 às 10:27h

Os indivíduos Rodrigo Souza Mendonça de 22 anos, morador do povoado Várzea da melancia, em Campo do Brito/SE, e Edson da Conceição Santos de 18 anos, residente no conjunto Albano Franco, na cidade de São Domingos/SE, foram presos por policiais da 1.ª Companhia do 3.º Batalhão de Polícia Militar (1.ª CIA/3.º BPM), lotados em Campo do Brito.

A ação policial ocorreu por volta das 21h de sexta-feira (10), quando as equipes de serviço foram acionadas por populares, após uma motocicleta ter sido roubada no povoado Cercado, zona rural de Campo do Brito.

Durante as buscas para tentar localizar os suspeitos, os policiais também foram informados de um arrastão ocorrido no povoado Terra Vermelha, também no município no município britense, onde foram roubados vários aparelhos de telefones celulares.

Diante das denúncias, foram realizadas novas diligências e no percurso as guarnições se depararam com dois indivíduos com as mesmas características passadas pelas vítimas dos assaltos, no momento em que eles empreenderam fuga ao perceberem a presença das viaturas, no entanto, perderam o controle da motocicleta e caíram.

Prontamente foi realizada a abordagem e ao proceder pela revista foi localizada arma de fogo, tipo Garrucha calibre 32mm, um facão e 08 (oito) aparelhos de telefones celulares. A dupla utilizava uma motocicleta Honda, modelo CG 150 Titan ESD, ano 2012/2013, de cor Vermelha, com placa OEO - 8957, licenciada em São Domingos.

De acordo com informações da PM, os jovens são apontados como principais líderes de uma quadrilha que atua no roubo de motocicletas e aparelhos celulares na Região do Agreste Sergipano. Após a prisão dos suspeitos, os militares constataram que em desfavor de Rodrigo Souza Mendonça, existia um mandado de prisão em aberto.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Plantonista de Itabaiana para que a autoridade de Polícia Judiciária confeccionasse o flagrante para posteriormente ser comunicado a prisão à Justiça. (Fotos: Polícia Militar - 1.ª CIA/3.º BPM)

Da Redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva