Ótica Perfil

Acusado de assalto a ônibus e suspeito pelo latrocínio que vitimou caminhoneiro de Minas Gerais morre em confronto com a Polícia Civil

Em Maruim/SE | 12.12.2018 às 16:08h

O ex-presidiário Paulo Henrique dos Santos de 30 anos morreu no final da tarde de terça-feira (11), quando os policiais civis da Delegacia Regional de Maruim, na Região Metropolitana de Aracaju (SE), realizavam diligências para dar cumprimento a dois mandados judiciais, sendo um de prisão e outro de busca, em desfavor do mesmo.

Durante o cumprimento dos mandados, o suspeito reagiu à presença dos policiais e no confronto, ele foi atingido e faleceu, mesmo tendo sido socorrido e levado para o hospital. Na operação foi apreendido um revólver calibre 38mm, que estava sendo utilizado por Paulo Henrique para o cometimento dos crimes e usado para atirar contra os agentes civis.

O fato aconteceu no povoado Pau Ferro e segundo as investigações, o indivíduo havia sido identificado como um dos autores do assalto a passageiros de um ônibus na madrugada de 3 de dezembro no mesmo município de Maruim.

A ação criminosa foi registrada pelo circuito interno de câmeras do carro, onde ele aparece nas imagens usando casaco verde e segurando um revólver. O comparsa de Paulo Henrique é conhecido como "Luiz Touro", que se encontra foragido.

O indivíduo também era suspeito de ter cometido o latrocínio que vitimou o caminhoneiro Luiz Carlos da Silva Oliveira de 44 anos, ocorrido na madrugada, também de terça-feira no Km 76 da BR-101, no município de Maruim (SE).O motorista dirigia uma carreta Mercedes Bens, modelo AXOR 2035 S, licenciada em Santana do Cataguases/MG, com uma carga de tecidos que havia saído de São Paulo com destino ao Estado de Pernambuco.

O caminhoneiro era natural de Muriaé, no Estado de Minas Gerais, e foi morto dentro da cabine do veículo com um tiro que atingiu o seu tórax.

Veja abaixo o vídeo no momento do roubo ao micro-ônibus

Da Redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.


comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva