Ótica Perfil

Polícia Civil prende no Estado da Bahia jovem e apreende dois adolescentes suspeitos de envolvimento em latrocínio em Lagarto

Investigação | 04.12.2018 às 05:02h

Policiais civis lotados na Delegacia Regional de Lagarto, na região Centro-Sul de Sergipe, prenderam na tarde de domingo (02) na cidade baiana de Camaçari, o indivíduo Joseval de Santana de 25 anos, e apreenderam dois adolescentes de 14 e 17 anos, respectivamente.

O trio é suspeito de ter cometido um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no dia 15 de novembro deste ano, no povoado Quilombo, zona rural do município de Lagarto, que vitimou o motociclista Ronaldo Conceição Santos.

Segundo informações da delegada Michele Araújo, o casal de adolescentes estava bebendo quando resolveu praticar o ato infracional, semelhante a um assalto, colocando pedras na via de rolamento da Rodovia Lourival Baptista, que liga Simão Dias à cidade de Lagarto.

A vítima, que dirigia uma motocicleta, ao passar pelo local perdeu o equilíbrio do veículo de duas rodas e caiu. Em seguida, o motociclista ainda foi atingido com uma paulada desferida pelo adolescente de 17 anos, que estava escondido no mato. Após a queda, a vítima ainda foi atropelada por um automóvel que passou pelo trecho momentos após o fato, e não resistiu à gravidade das lesões. Enquanto o motociclista agonizava no chão, os suspeitos deixaram a cena levando a motocicleta e o seu aparelho telefone celular.

De acordo com a polícia, o caso teria divulgado inicialmente como um acidente de trânsito. Entretanto, a partir do recebimento de denúncias de populares, cujas as informações eram de que o ocorrido se tratava, na realidade, de um crime de latrocínio, os agentes começaram a investigar.

Logo após o cometimento do delito, Joseval de Santana e o adolescente de 17 anos fugiram do povoado Quilombo, no entanto, acabaram sendo localizados no momento em que a menor estava indo se encontrar com eles no Estado da Bahia.

Joseval responderá pelo crime de latrocínio e corrupção de menores, enquanto os dois adolescentes vão responder pela prática de ato infracional semelhante ao crime de latrocínio. O menor já tinha passagem pelo delito infracional de roubo de motocicleta. Já os outros dois ainda não possuiam antecedentes criminais.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva