Ótica Perfil

Primos suspeitos de matar jovem de Itabaiana em Praia da Capital Sergipana são presos pela Polícia Civil

Vingança | 29.11.2018 às 16:55h

Dois jovens, naturais de Itabaiana e Ribeirópolis, estão sendo acusados pela Polícia Civil pela morte de Danilo Brito Mota de 23 anos, morador da cidade de Itabaiana, no Agreste do Estado de Sergipe. O assassinato ocorreu no final da tarde de 08 de outubro em um bar na Rodovia dos Náufragos, localizada na Zona de Expansão de Aracaju (SE).

Na madrugada desta quinta-feira (29) a equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Ian Gustavo Andrade de França. A detenção aconteceu na residência do suspeito no bairro Luzia, na capital sergipana.

Segundo o delegado Kássio Viana, diretor do DHPP, o segundo suspeito trata-se de Leonardo Melo Andrade de 20 anos, que já se encontrava preso desde o dia 12 novembro, quando foi flagrado com de drogas na Avenida Beira Mar, no bairro 13 de julho, zona sul de Aracaju (SE). Na época, o delegado decidiu não dar cumprimento ao mandado de prisão contra Leonardo para que Ian Gustavo não tomasse conhecimento das investigações.

Durante a prisão de Ian Gustavo, a polícia encontrou duas cartelas de munição de pistola calibre 380mm, com o mesmo calibre da arma utilizada para matar Danilo Mota. Em depoimento, ele negou a prática do crime, no entanto, revelou que Leonardo teria lhe confidenciado o envolvimento no assassinato. (Fotos: Ascom - SSP/SE)

De acordo com informações do delegado Kássio Viana, Ian Gustavo teria sido o autor dos disparos que provocaram a morte de Danilo e a motivação estaria relacionada a uma perseguição que estava sofrendo por parte da vítima, por ser suspeito de participação no assassinato do ex-presidiário José Adelmo Barbosa da Trindade, ocorrido na Rua Miguel Teixeira, Centro de Itabaiana, no dia 23 de dezembro de 2016.

Ian Gustavo também revelou durante seu depoimento que Danilo havia preparado uma emboscada contra ele na Praça Fausto Cardoso, em frente à Igreja Matriz, mas que o plano para o matar não deu certo, porque ele desconfiou da armação e fugiu do local.

Leonardo e Ian Gustavo também são suspeitos de envolvimento em um duplo homicídio registrado na cidade de Ribeirópolis em dezembro de 2017.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva