Ótica Perfil

Suspeito de matar criança de quatro anos durante assalto reage a ordem de prisão e acaba morto

Leste Sergipano | 26.10.2018 às 04:42h

Por volta das 10 horas da manhã de quinta-feira (25), policiais lotados no 9.º Batalhão da Polícia Militar (9.º BPM) estavam em diligência com a finalidade de dar cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Willame de Oliveira Santos de 34 anos, quando o mesmo reagiu à presença da guarnição e acabou morto.

A ação policial aconteceu no povoado Forges, no município de Japaratuba, na região Leste do Estado de Sergipe, e o indivíduo se encontrava em uma residência e resistiu à prisão. Após ser alvejado a tiros, o investigado foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Japaratuba, onde foi constatado o óbito. 

O jovem era natural de Carmópolis e tinha passagem pelo sistema prisional por tráfico de drogas, e o mandado de prisão foi expedido pelo Poder Judiciário por crime de homicídio.

Contra Williame também existia a suspeita de seu envolvimento na morte da criança Ayla Ranielle dos Santos Souza de 04 anos. O crime correu no último dia 13, quando elementos abordaram o motociclista David de Santos Souza de 33 anos, para roubar o seu veículo. Durante o delito, os criminosos atiraram no condutor da motocicleta, tendo o tiro atravessado o tórax da vítima e atingido a cabeça de sua filha. O assalto aconteceu no povoado Terra Dura, em Capela (SE), no momento em que pai e filha retornavam para o povoado Patioba, em Japaratuba, onde os mesmos moravam.

Após a ação criminosa, os bandidos fugiram levando a motocicleta, enquanto as vítimas foram socorridas e levadas para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade de Japaratuba (SE), no entanto, a criança não resistiu. Já o seu genitor foi transferido para o Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE), em Aracaju, inclusive ele já recebeu alta hospitalar e se recupera do ferimento em sua residência.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva