Ótica Perfil

Equipe de Local de Crime da PC descobre farsa e ex-presidiário acaba preso

Durante investigação | 30.09.2018 às 20:37h

Por volta das 04 horas da madrugada de sábado (29), policiais civis da equipe de local de crime da Delegacia Regional de Itabaiana (SE) foram acionados por ocasião da entrada de um jovem ferido por disparo de arma de fogo no Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho.

Prontamente, a equipe se deslocou para a unidade de saúde, onde encontraram um adolescente de 17 anos, que apresentava um ferimento na perna. Em seguida, os policiais iniciaram as primeiras Investigações sobre a suposta tentativa de homicídio.

Para surpresa dos policiais, cerca de 40 minutos depois, também compareceu ao hospital o ex-presidiário Adilson Júnior Santos de 22 anos, também ferido à bala no pé.

Entretanto, ao conversar com o ex-presidiário e o menor, os policiais suspeitaram das declarações feitas por eles e iniciaram uma investigação sobre as supostas tentativas de homicídios, sendo constatado durante as diligências que a dupla estava mentindo, pois na verdade se tratava de dois assaltantes.

A ação praticada pelos suspeitos ocorreu às 2 horas da madrugada com a participação de outros dois rapazes, onde o quarteto roubou uma motocicleta Honda, modelo Pop, nas proximidades de uma frutaria, na Avenida Manoel Francisco Teles.

Na ocasião, os quatro indivíduos empreenderam fuga e todos montados no mesmo veículo. Em um momento posterior, os assaltantes tentaram roubar outra motocicleta, na região do bairro Riacho Doce, entre um supermercado atacadista e um restaurante, porém a segunda vítima estava armada e disparou contra os assaltantes acertando dois, enquanto os outros dois conseguiram fugir do local.

Após a descoberta do fato, os policiais conseguiram localizaram a vítima do primeiro assalto, que reconheceu Adilson Júnior Santos, conhecido por Júnior do Campo Grande, como sendo um dos assaltantes. Diante das circunstâncias o suspeito foi preso em flagrante e o menor acabou liberado, uma vez que a vítima não o reconheceu no caso do roubo.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva