Ótica Perfil

Ex-presidiário, que participou de latrocínio do sargento Borges, morre em confronto com a polícia

Mais um que tombou | 07.09.2018 às 11:20h

O indivíduo, identificado como José Lucas Bazi dos Santos, conhecido como Lagamel de 24 anos, é mais um envolvido no crime que vitimou o sargento PM Marcos Antônio Borges de Campos de 45 anos.

Lucas Bazi morreu ao reagir a chegada da Polícia, no início da manhã desta sexta, dia 07. Com ele, as equipes apreenderam um revólver calibre 38 com três munições deflagradas e meio quilo de maconha.

A ação conjunta do 11.º Batalhão da PM, Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e Divisão de Inteligência e Planejamneto Policial (Dipol), e o suspeito foi localizado no povoado Jurema, em Fátima (BA), para onde fugiu depois da repercussão do crime. Ele ainda foi socorrido e levado para o Hospital de Poço Verde (SE), mas não resistiu.

Lucas Bazi era natural de Fátima, mas morava na região do Mosqueiro, na capital sergipana. Segundo a polícia, ele já possuía passagem pelo sistema prisional por tráfico de drogas e foi o mentor do assalto, tendo fugido para o município baiano após a repercussão da morte do sargento. (Foto: SSP/SE)

Relembre a morte do sargento

O sargento Borges foi morto no sábado, dia 01, em uma chácara no povoado Matapoã, no Mosqueiro, Zona de Expansão de Aracaju (SE), durante uma tentativa de assalto, quando comemorava sua promoção na PM, ao lado de familiares.

O policial reagiu a ação dos criminosos e matou um dos bandidos, identificado Gedson dos Santos de 26 anos. Na terça-feira (04) um adolescente de 16 anos, primo de Gedson, se apresentou no Cope, acompanhado da mãe e um advogado.

Da redação: Com informações da Ascom da SSP/SE
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva