Ótica Perfil

Duas visitantes são presas tentando entrar com drogas em presídio

Durante a revista | 03.09.2018 às 20:31h

Mais duas mulheres foram presas em flagrante no último sábado, 1.º de setembro, tentando entrar com drogas no sistema penitenciário. As prisões ocorreram no Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza (Premabas), em Tobias Barreto.

Thaís de Jesus Santos e Luciana Rosa Santos de Jesus levavam, nas partes íntimas, material semelhante a maconha, detectados no momento em que elas passavam pelo body scan. Em menos de 24 horas, já foram detidas quatro mulheres que tentavam entrar no sistema prisional com material ilícito. Das 161 pessoas flagradas, desde a instalação dos aparelhos em 2016 até agora pelo body scan, 98% são mulheres.

Thaís e Luciana, além de perderem o cartão de visita, foram encaminhadas para a delegacia da Polícia Civil de Tobias Barreto para as providências. Ao mesmo tempo, a direção do Premabas abriu um procedimento administrativo disciplinar para apurar as responsabilidades dos internos que são companheiros das duas mulheres.

Desde que os aparelhos body scan foram instaladas em sete, das nove unidades prisionais do Estado, é constante o número de mulheres que são flagradas tentando entrar nas unidades com produtos ilícitos. De novembro de 2016 até agora, foram 161pessoas detidas. Algumas delas não foram enviadas às delegacias, porque, apesar de serem substâncias ilícitas, não eram entorpecentes. Nesses casos foi aberto um procedimento administrativo disciplinar.

Compromisso - Para o secretário de Justiça e de Defesa do Consumidor, Cristiano Barreto, esse número de flagrantes - 161 - ocorrem por dois motivos: "primeiro, o compromisso e dedicação dos servidores que operam estes aparelhos, que estão sempre atentos e não deixam passar nada. Depois, mostra que o investimento de mais de R$ 2 milhões feitos para aquisição destes equipamentos está tendo resultado", destacou o secretário. Estes recursos são oriundos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

Atualmente, os aparelhos body scan estão instalados no Cadeião de Socorro, Premabas, Cadeias Territoriais de Areia Branca e Estância, Complexo Penitenciário Antônio Jacinto Filho (Compajaf), Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan) e Presídio Senador Leite Neto (Preslen).

Da redação: Ascom - Sejuc/SE
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva