Ótica Perfil

Jovem sequestrado em Itabaiana pode ter sido morto no Estado da Bahia

Encontrado carbonizado | 31.08.2018 às 18:19h

Na manhã desta sexta-feira (31) populares encontraram em um terreno baldio, situado no povoado Lagoa das Pedras, na zona rural de Pedro Alexandre, no Estado da Bahia, um corpo carbonizado, supostamente do sexo masculino.

Existem fortes indícios que pode tratar-se do jovem José Vinícius Lima dos Santos de 18 anos, sequestrado no final da tarde de quinta-feira (30) no conjunto Gilton Garcia (Mutirão), periferia da cidade de Itabaiana, no Agreste sergipano. (Foto: Reprodução/Mais Notícias)

Por meio de fotos mostradas ao pai de José Vinícius, o mesmo chegou a afirmar que realmente é seu filho, uma vez que no local onde o corpo foi encontrado existem pedaços da roupa em que o jovem estava usando no momento do sequestro, além de outros pertences.

Através de troca de informações, entre as Polícias Civil da Delegacia de Pedro Alexandre e da Delegacia Regional de Itabaiana, o caso já está sendo investigado como homicídio e a identificação oficial da vítima só será possível com a realização de exame de DNA.

A família do jovem seguiu para a cidade de Pedro Alexandre, onde irão tentar reconhecer o corpo no Instituto Médico Legal (IML).

Relembre o caso

José Vinícius estava sentado na calçada de sua residência, localizada na Rua H do conjunto Gilton Garcia (Mutirão), quando por volta das 17:20 de quinta-feira (30) surgiram quatro indivíduos encapuzados em um Jeep, de cor Vermelha. Em seguida, ele foi colocado dentro do carro e o grupo fugiu por destino desconhecido.

O jovem era natural de Macambira (SE), mas há pouco de um ano estava morando com uma mulher na cidade de Itabaiana.

José Vinícius não possuía antecedentes criminais, porém, segundo já foi apurado pela polícia, ele costumava andar em más companhia e também fazia uso de entorpecente, do tipo maconha.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva