Ótica Perfil

Investigado por crimes contra políticos em Sergipe e na Bahia morre em confronto com a polícia

Pistolagem | 23.08.2018 às 19:36h

Nas primeiras horas desta quinta-feira, 23, a Polícia Civil de Sergipe localizou em Anapu, no Pará, José Edileno Alves dos Santos. Segundo a polícia sergipana, ele tem envolvimento com grupos de pistolagem que vitimaram políticos em Sergipe e na Bahia. José Edileno já tinha sido preso pelo mesmo Cope, em Anapu (PA), em outubro do ano passado. No momento da prisão, Edileno reagiu à ação da polícia e no confronto acabou morrendo.

Segundo o delegado Dernival Eloi, Edileno já era investigado pelo Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) por diversos crimes em Sergipe, um deles foi a morte do vereador Pinho, quando houve a primeira prisão. (Foto: Arquivo/SSP-SE)

"Nós suspeitamos que ele também tenha participação na morte de Jailton do Preá, em roubos e furtos de gados. E ainda ameaçava a vítima para que não prestasse o boletim de ocorrência. Ele era um cara muito perigoso. Inclusive praticava extorsões a comerciantes", afirmou Dernival Eloi.

Segundo o delegado, José Edileno já foi preso também em Canindé do São Francisco com grande quantidade de munições, após uma abordagem da Polícia Militar.

Participaram da operação a Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, militares da Companhia Integrada de Operações em Área de Caatinga (Ciopac), o Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) da Polícia Civil de Sergipe e o Núcleo de Apoio a Investigação do Xingu da PC do Pará, através da equipe coordenada pelo delegado Vinícius Souza.

Da redação: Ascom - SSP/SE
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva