Ótica Perfil

Homem tenta matar a ex-companheira pela segunda vez e acaba preso preventivamente

Feminicídio tentado | 11.08.2018 às 21:00h

Por meio de uma denúncia anônima, a equipe da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), da cidade de Itabaiana, no Agreste Central sergipano, deu cumprimento na noite de sexta-feira (10) ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Antônio de Brito de 46 anos.

O homem foi preso preventivamente pela segunda vez neste ano de 2018 pelo cometimento de feminicídio tentado contra a ex-companheira Patrícia Alves dos Santos de 44 anos.

O suspeito, conhecido por Tonho, atuava como vigilante e no dia 04 de janeiro ele foi preso no povoado Rio das Pedras, quando estava escondido em cima de um pé de mangueira, às margens da BR-235, depois de tentar matar a ex-mulher com 03 (Três) golpes de faca. (Foto: Arquivo/Gilson de Oliveira)

O crime aconteceu no Loteamento Santo Mônica II, e a mulher acabou sendo atingida na altura do pescoço, além de ter sofrido agressões físicas. O feminicídio não aconteceu porque populares surpreenderam o infrator e ele conseguiu fugir pulando o muro de uma residência vizinha à casa da vítima.

O vigilante passou cinco meses detido e após ganhar a liberdade, voltou a perseguir a ex-esposa, até que no último dia 12 de junho ele resolveu incendiar a casa dela. Depois de dois meses foragido ele foi localizado pelos policiais civis.

Antônio de Brito encontra-se à disposição da Justiça e irá responder pelos crimes de tentativa de feminicídio, incêndio e por descumprimento de medidas protetivas de urgência.

Patrícia e Antônio conviveram por 25 anos e tiveram 03 (três) filhos. A época do crime, ele já estava respondendo a processo por violência doméstica.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva