Ótica Perfil

Dupla suspeita pelo delito de homicídio qualificado é presa na cidade de Ribeirópolis em cumprimento a mandado de prisão

PC em ação | 29.05.2018 às 16:52h

Policiais civis da cidade de Ribeirópolis, coordenados pelo Delegado Eurico Nascimento, deram cumprimento aos mandados de prisão temporária, em desfavor de Cristiano Melo de Oliveira, 28 anos, e Tiago Cardoso dos Santos, conhecido por "Dieguinho", pelo delito de homicídio qualificado.

De acordo com as investigações, Cristiano seria o condutor e proprietário da motocicleta, utilizada no homicídio, enquanto Dieguinho teria sido o executor dos disparos que ceifaram a vida do ex-presidiário Luan Marques Santos Góis de 23 anos, crime ocorrido no dia 10 de fevereiro do corrente ano, na cidade de Ribeirópolis, no Agreste sergipano.

Conforme o levantamento policial, o delito foi motivado pela dívida na aquisição de entorpecentes, e também pelo ciúme que Dieguinho possuía de um suposto relacionamento da vítima com a sua atual namorada.

Tais motivos levaram Cristiano e Dieguinho seguirem a vítima, quando esta se deslocava a pé em direção ao conjunto Catende, por uma estrada que dá acesso ao povoado Serra do Machado, na zona rural do município ribeiropolense e efetuaram cerca cinco disparos de arma de fogo, do tipo pistola, levando o jovem a óbito no local.

Após o assassinato, os autores esconderam-se numa casa abandonada, na localidade conhecida por Baixa Fria, no mesmo município. A dupla encontra-se custodiada na Delegacia Regional de Polícia Civil, em Itabaiana (SE), à disposição da justiça.

Da redação: Gilson de Oliveira com informações da Polícia Civil
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva