Ótica Perfil

EXCLUSIVO: Acusado pelo assassinato de Capitão da PM de Sergipe e assalto ao Parque dos Falcões é morto em confronto com a PM do Rio de Janeiro

Foragido da Justiça | 26.02.2018 às 23:03h

O foragido da Justiça do Estado de Sergipe, identificado como Valdeilson Luiz dos Santos, conhecido pela alcunha de Dedé, morreu nesta segunda-feira (25) ao entrar em confronto com policiais da 123.ª Delegacia de Polícia de Macaé (RJ).

As equipes do 32.º Batalhão de Polícia Militar procederam pelas diligencias para verificar uma denúncia dando conta que indivíduos oriundos de Aracaju (SE) e foragidos da justiça por envolvimento na morte de Adilson Bispo Nunes, capitão da Polícia Militar de Sergipe (PM/SE), ocorrida no dia 28 de dezembro de 2017 na cidade de Areia Branca, região do Agreste sergipano.

O acusado estava homiziado em uma residência, acompanhado de Wellington Santos Vieira, conhecido por Santanás, e ao perceber a presença dos policiais no endereço, ele efetuou disparos contra a guarnição e diante da injusta agressão, os militares revidaram e o atingiram gravemente. Com o mesmo foi apreendido um revólver calibre 38 com duas munições deflagradas e outras 03 (Três) intactas.

De imediato, o infrator foi socorrido e levado ao HPM, onde foi constatado o óbito na unidade hospitalar. Já
o outro indivíduo, também foragido da justiça sergipana, conseguiu escapar do cerco policial. Na casa, os policiais ainda encontraram mais 10 munições calibre 38mm intactas, uma barra de maconha prensada e uma touca ninja.

Além da morte do capitão Bispo, a dupla também participou do assalto ao Parque dos Falcões, localizado na Serra de Itabaiana, no Agreste Central sergipano. A ação criminosa aconteceu no dia 12 de novembro de 2017.

A PM do Rio de Janeiro agora tenta localizar Wellington Santos Vieira, para que o mesmo possa responder pelos seus delitos na forma da lei.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Esse número não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva