Ótica Perfil

Com passagens por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, ex-presidário é executado a tiros dentro de carro em Aracaju

Na madrugada | 20.01.2018 às 12:09h

Por volta dos 30 minutos da madrugada deste sábado (20) o ex-presidiário Nivaldo Rocha Cruz Filho, 30 anos, foi morto dentro de um veículo de passeio ao lado de uma jovem de prenome Emilly.

A mulher também foi atingida pelos tiros, mas foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Sergipe) e depois levada para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE).

Foto: Reprodução das Redes Sociais

O crime aconteceu na Avenida Hermes Fontes, em Aracaju (SE), no momento em que o carro parou no semáforo, quando um motociclista se aproximou e efetuou diversos tiros. Um morador da localidade filmou com um aparelho de telefone celular a ação do indivíduo da sacada de um prédio.

Nivaldo era investigado em inquéritos do Departamento de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil. O ex-presidiário, já havia sido preso em 2013 em uma abordagem do Grupamento Tático de Motos (Getam), quando os militares apreenderam meio quilo de cocaína, além da quantia de R$ 1.679, em espécie, nas proximidades da Avenida Beira Mar, na capital sergipana. Em outro processo, de 2009, ele foi preso em flagrante, também pela Polícia Militar, por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Foto: Arquivo / Polícia Militar de Sergipe

Conhecido por Dengo, Nivaldo era natural do município de Propriá (SE), mas residia no município de Nossa Senhora do Socorro, região Metropolitana de Aracaju. Há três meses, homens armados tentaram matar o mesmo. Na época ele foi atingido por três disparos nas costas.

A 1.ª Divisão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciou as investigações para apurar o homicídio contra o ex-presidiário.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva