Ótica Perfil

Suspeitos de envolvimento em latrocínio que vitimou vigilante noturno em Itabaiana são presos pela PC

Crime de latrocínio | 29.11.2017 às 04:37h

Duas pessoas suspeitas de envolvimento no assassinato do vigilante noturno Josivan da Silva Mota de 28 anos, ocorrido no início deste mês de novembro na cidade serrana do Agreste Central sergipano, foram presas por policiais civis lotados na Delegacia Regional de Itabaiana.

Os envolvidos no crime trata-se de José Alan Barbosa Santana de 26 anos e Diego de Jesus de 23 anos, apontados como autores do delito que vitimou o trabalhador. Os suspeitos foram presos no conjunto José Neves da Costa, na cidade de Simão Dias, em operação conjunta envolvendo policiais civis de Itabaiana e Simão Dias, no combate ao tráfico de drogas.

Foto: Polícia Civil de Sergipe

Os dois são moradores da cidade de Itabaiana e com eles foi apreedido um revólver calibre 38mm, com 04 munições intactas, além de uma certa quantidade de maconha, pinos de cocaína e aparelhos de telefones celulares, que provavelmente sejam frutos de roubo. Após a prisão, a dupla foi conduzida para a Delegacia  Plantonista dE Itabaiana.

O vigilante foi morto na madrugada de sábado, dia 4, no momento em que fazia a escolta de duas carroças com mercadorias que se deslocavam para a feira livre da cidade, quando abordados por três indivíduos, onde dois deles estavam de posse de arma de fogo. Mesmo sem reagir ao assalto, o homem foi atingido por um disparo no tórax e morreu no local.

Imagem captada pela câmera de segurança

O caso foi registrado na Rua Maria Helena Oliveira Peixoto, no Loteamento Vale dos Eucaliptos (Loteamento José Carlos Machado), no bairro São Cristóvão, periferia de Itabaiana.

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Durante as investigações os policiais identificaram Robson Góis dos Santos, conhecido por Robinho. Ele ainda encontra-se foragido e por isso os trabalhos continuam no intuito de efetuar a prisão do mesmo. Para isso, a participação da população é de fundamental importância contrubuindo com informações por meio do Disque Denúncia 181 ou por meio do aplicativo Disque Denúncia SE afim de localizar o esconderijo do suspeito.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva